quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Depois da Tempestade Eu Quero Amor
Corri pra fechar as janelas
Antes que a tempestade
Inunde meu mundo e meu coração
Corri contra o vento olhando pro céu
Tropecei pelo caminho
Perdi meu verão
Do meu mundo eu via o mundo
Todo cinza e submerso em tristezas
Eu dei um suspiro profundo
E dessa paisagem escura eu procurei a minha beleza
Saí ainda na chuva pra colher uma flor
Que resistiu a ira dos ventos por amor
Ali ela estava serena e tranqüila
E me parecia que nem sentia dor
E depois de muitas lagrimas que rolaram do infinito
Descobri que já não estava mais aflito
Chorei de alegria ou talvez de emoção
Eu vi um arco-íris moldura do mundo
Eu vi de volta um coração
O cinza sumiu e a paisagem mudou de cor
Definitivamente passou a minha dor
Depois da tempestade eu quero amor.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Foi Pensando em Você
Foi pensando em você
Que eu pintei o prateado da lua
Que eu busquei estrelas no mar
Toquei os raios do sol
Contei conchas perdidas na praia
Colhi estrelas no céu
Moldei nuvens com seu sorriso
Feito chuva que escorre
Percorri todo seu corpo
Toquei cada centímetro
E com a minha poesia
Eu fiz morada nos seus sonhos
Eu venerei os seus abraços
Em madrugadas frias
Foi pensando em você
Que saltei planetas
Desenhei cometas
Fiz nossa própria galáxia
Entre vários mundos
E sentimentos profundos
Desenhei em seus olhos
Todas as emoções que rolavam
Como lagrimas de amor
Eu não faço mais nada nessa vida
Que não seja pensando em você.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

41 comentários:

Luciana P. disse...

No momento, pode até vir tempestade porque o que estou querendo é cama, hahahahahaha
Amanhã eu leio, comento, apareço, dou o ar da minha graça e exalo o meu perfume por aqui, só passei pra dar oi, rsrsrs zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

BANDEIRA disse...

OLÁ AMIGO, DEPOIS DE 3 DIAS OFF, ESTOU DE VOLTA A CASA.

QUEM NÃO QUER DEPOIS DE UMA TEMPESTADE, UMA CALMA, SERENA COMO UMA MAROLINHA, NOS TOCANDO SUAVEMENTE, COM MÃOS MACIAS E SEDUTORAS ?

AMIGO A OUTRA POESIA ME FEZ LEMBRAR DE UMA MÚSICA DO ROBERTO CARLOS, NÃO ME PERGUNTE PQ : PRÁ VC EU GUARDEI, UM AMOR INFINITO, PRÁ VC PROCUREI, UM LUGAR MAIS BONITO....."

DESCULPE A AUSÊNCIA, ANDO UM TANTO QTO OCUPADA, ISSO NÃO JUSTIFICA, MAS SÓ QUERO REGISTRAR MEU DESAPARECIMENTO AS VEZES. HAVIA 3 DIAS QUE NÃO ALIMENTAVA MEU BLOG.

BEIJOS E OBRIGADA PELAS VISITAS.

ღ єиєι∂α ღ ●~ઇ‍ઉ~● disse...

Olá querido! Passando pra desejar uma noite cheia de paz! e uma semaninha repleta de felicidades! beijinhos

Nanda Assis disse...

vc sempre me emociona, feliz dessa musa q te inspira.

eu rabisco o sol q a chuva apagou... acho q estou gostando de alguem, e é de ti q n me esquecerei.

Bandys disse...

Everson.

Correndo por causa do apagão!

Volto depois

Beijos e um quarta de luz!

Daniel Costa disse...

Everson

"Depois da Tempestade Eu Quero o Amor" e "Foi Pensando Você", são títulos de dois poemas, que se podem conjugar, pela beleza e pelo sentido, parece que um entronca no outro para o complementar.
Bom momento de poesia, embora ter este sentimento em relação à produção do poeta e amigo Everson se torne redundante.
Abraço
Daniel

Gilson disse...

Muito bom, super linda.

"Saí ainda na chuva pra colher uma flor
Que resistiu a ira dos ventos por amor
Ali ela estava serena e tranqüila
E me parecia que nem sentia dor
E depois de muitas lagrimas que rolaram do infinito"

Me emocionaram essas linhas.

Abs

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia, Poeta!
Gostei muito! Quando vinha comentá-lo já embalada pelo sono, apagão. Acendi. Foi muito difícil dormir. Levantei-me há pouco. Depois de ler os seus lindos versos os meus chovem. Sosseguei.
Obrigada
Beijos,

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON... 2 MARAVILHOSOS POEMAS QUE SE COMPLEMENTAM... É COMO TE DIGO SEMPRE, TOCAS-ME O CORAÇÃO AMIGO...!!!
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Prof. Sergio Ricardo disse...

"...Eu não faço mais nada nessa vida
Que não seja pensando em você..." Que dizer deste lindos poemas que só fazem emocionar aqueles que realmente acreditam no amor. Abraço amigo e irmão

Prof. Sergio Ricardo disse...

"...Eu não faço mais nada nessa vida
Que não seja pensando em você..." Que dizer deste lindos poemas que só fazem emocionar aqueles que realmente acreditam no amor. Abraço amigo e irmão

Wanderley Elian Lima disse...

Eu quero amor depois da tempestade, , durante a bonança, eu quero amor e amar todos os dias de minha vida.
Um lindo dia para ti
Abração

Val Du disse...

Oi, Everson

Belos poemas... emocionantes.

Um grande dia p/ ti.

Beijos.

Amanda disse...

O amor lhe torna inspirado.
Depois da tempestade, eu lhe diria que fica o amor. Só as coisas inabaláveis, que não se abalam.

Beijos em versos!!!

Pelos caminhos da vida. disse...

Dois lindos poemas que entrelaçam entre si.

Bom dia amigo!

beijooo.

Mary disse...

Adorei esse poema. Estou seguindo. Abraços!

louca esquizoffrenica disse...

como sempre meu amigo poeta as suas palavras me fazem sonhar. sonhar com um amor que me faça feliz e sonhando vou levando a minha vida e fazendo com que seja menos cinzenta. Um dia lindo para ti.

sonho disse...

Eu não faço mais nada nessa vida
Que não seja pensando em você...desde que sejas feliz...continua a pensar meu querido amigo:)
Beijo de um anjo em teu lindo coração

Eliane Jany Barbanti disse...

Adorei seu blog.Parabéns!!!
Agradeço sua visita ao Louvor a Deus e por tornar-se nossoseguidor.
Paz e graça com o Senhor!
Beijo no coração.
Eliane

(Carlos Soares) disse...

Depois da tempestade a bonança. Não é assim que dizem? Depopis da tempestade, o arco-íris. O sol. Depois da tempestade, o amor. E que bom que a flor resistiu aos ventos fortes. Parabéns também pelo belo "quadro" pintado abaixo. Grande abraço e lindo dia.

Pena disse...

Fabuloso Poeta:
Dois poemas de maravilhar. Saídos da sua admirável e da sua riquíssima beleza interior.
"...E depois de muitas lágrimas que rolaram do infinito
Descobri que já não estava mais aflito
Chorei de alegria ou talvez de emoção
Eu vi um arco-íris moldura do mundo
Eu vi de volta um coração
O cinza sumiu e a paisagem mudou de cor
Definitivamente passou a minha dor
Depois da tempestade eu quero amor..."


PERFEITO!
Abraço de amizade e respeito imensos.
Fico feliz por ter amainado a tempestade.
MUITO OBRIGADO pela sua visita de expressão de simpatia e amabilidade que adorei.
Cordialmente e maravilhado...
Abraço amigo sincero.

pena

Bem-Haja, sensível Poeta Amigo.
Brilhante, como sempre!

Memória de Elefante disse...

Além do arco-íris existe sempre a esperança.

Um Beijo

Abraão Vitoriano disse...

Foi pensando em você...

que o poeta pensou e fez um bem
para todos os seus,

fala de amor
com coração
e sempre em voz alta...

abraços,

uminuto disse...

porque não há nada melhor depois da tempestade
um beijo

uminuto disse...

porque não há nada melhor depois da tempestade
um beijo

uminuto disse...

porque não há nada melhor depois da tempestade
um beijo

HSLO disse...

Eu estou vivendo uma grande tempestade em minha vida amigo. Há 06 meses fraturei o fêmur por conta de uma acidente de moto. Agora estou em processo de recuperação fazendo muita fisioterapia e aguardando a liberação do médico para poder andar sem moletas. Minha vida se resumo do trabalho pra casa...minha vida mudou por completo. Estou por fora do mundo.
Estou louco pra essa tempestade passar e amar...eu só quero amar e amar, amar,amar, amar.

Belíssima postagem.

Abraços


Hugo

Mari Amorim disse...

O amor tem o poder de transformar
tempestade em brisa,
lágrimas em sorrisos
solidão em alegria..
Boas energias,
Mari

Anônimo disse...

Hoje mais uma vez minha postagem é alusiva a minha filha ,Neinha.
Em meio a um tratamento prologado ,Neinha veio a perder seu SITE (TEMPLATES NEINHA).
Ja esta sendo preparado salas exclusivas para ela no Unidas Pelo Amor.
Ela ja esta preprando seu novo Site onde sera hospedado no Brasil .
E assim ñ tera mais risco ,também ñ sentira mais a dor de ver seu nome jogado
no lixo .Um nome digno ,honrada e acima de tudo uma pessoa de carater inabalaval.
Eu ,mãe e a irmã Lucilene agrademos todo carinho e email recebido.
www.unidas.pelo.amor.zip.net

Umlinda noite meu filho amado beijos da sua maizinha ,Evanir

SAM disse...

Maravilhoso, amigo! O segundo poema inunda corações de ternura.


Carinhoso beijo, querido amigo.

Blue disse...

Pois acabo de ver um lindo arco-íris no blog da Andarilha e venho aqui e encontro outro.

Serão os deuses da natureza a inspirar os poetas mineiros e pernambucanos?

Abraços

Sonhadora disse...

Everson
Maravilhosos poemas...muito emocionais...lindo
Um beijo
Sonhadora

Amor Feito Poesia disse...

Obrigada por comparecer ao meu cantinho.

Seu blog é lindoooooooo...Parabéns

Voltareiiiiiii.........Beijosssssss

Graça disse...

Lindos poemas, Everson. Do primeiro, ficam essas cinzas que somem, para ser visível o arco-íris da vida. Do segundo, uma beleza, esse amar.


Beijo grande, querido. Um bom resto de semana.

Felina Mulher disse...

Boa noite meu querido!

Depois dessa tempestade que está minha vida, eu tbm quero Amor....muito amorrrr...acho que mereço!


Beijos doces.

Elaine Barnes disse...

Prefiro não comentar! rs... Num dá. Amigo você pensa poesia. Ambos poemas em meio as suas tempestades e moduras de arco-íris no amor, em galáxias de sentimentos profundos...Isso é você, isso é seu mundo. Parabéns amigo, muito obrigada por tudo bjão

Bandys disse...

Demorei mas voltei!

Everson, fiquei pensando nisso:


Descobri que já não estava mais aflito
Chorei de alegria ou talvez de emoção
Eu vi um arco-íris moldura do mundo
Eu vi de volta um coração
O cinza sumiu e a paisagem mudou de cor
Definitivamente passou a minha dor
Depois da tempestade eu quero amor.


Sempre bom quando passa a dor!

Beijos e uma quinta de paz, luz e saúde!!!

Layara disse...

...Menino das Letras da Lua e das tempestades de sonhos...

Ontem pensei em Você, era muita chuva, muita agua, as ruas ficaram alagadas e noite em pleno meio-dia...
estava numa loja e ninguem se atrevia sair...fiquei pensando e olhando o olhar dos outros todos esperando...fui saindo da loja...uauuu...todo mundo ficou olhando...lógico, uma doida na chuva...entrei no carro e ri muito...o que a chuva não faz...rssss
e nas ruas alagadas dirigi sem medos.

e deparome com essas lindas letras...

foi pensando em voce que andei na chuva....rsssssss...

Beijos Menino Lindo desse Horizonte aconchegante...

paula barros disse...

A vida e suas estações
Hora brisa, hora tempestade
Um sol lindo, chuva que enegrece o dia
Um arco-íris ainda com o tempo nublado
Anunciando o sol
E as cores da vida.

Não deixar a dor apagar as cores dos nossos dias, é um desafio da vida.

beijos e boa tarde!

Realmente estávamos em sintonia. Não foi a primeira vez. rsrsr

Deusa Odoyá disse...

Olá meu querido.
Dois poemas e duas sintonias bem cativantes.
Meu lindo, escreves com a alma e isso é muito bom, pois dormes e amanheces postando o amor total.
Everson, ue seus dias e passos possam ser sempre abençoados pelo criador.
Beijinhos doces de quem te admira e adora.
Regina Coeli.
Fique na paz.

Anônimo disse...

Postagem prazeroza neste espaço, post deste modo realção a quem quer que visitar neste espaço .....
Faz mais do teu sítio, a todos os teus seguidores.

 
Web Analytics