sábado, 28 de novembro de 2009

Still Love You
(Ainda Te Amo)
Que a brisa suave da manhã, balance teus cabelos, acaricie teu rosto, como eu faria se ainda estivesse ao teu lado, porque ainda te amo. E se um dia uma gota de chuva suavemente tocar a tua pele, e deslizar por todos os teus desejos, sinta minha presença, porque ainda te amo. Quando o sol te aquecer num dia frio de inverno, lembre-se do meu abraço, porque ainda te amo. Se uma canção que tocar no rádio te trouxer momentos inesquecíveis que vivemos, é pra você lembrar, que mesmo de longe, ainda te amo. Se um dia, num momento de tristeza, você se lembrar do meu ombro, e quiser chorar, ele ainda estará aqui, porque ainda te amo. Agora, se um dia chegar, nem a brisa, nem o sol, nem uma gota de chuva, nem uma canção, nem o meu ombro te acolher e eu não puder dizer “ainda te amo”, faça uma oração por mim, porque eu parti te amando.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

45 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo Poeta!
Amor não tem fim/fins/limites/barreiras/preconceitos
Amamos porque amamos
Lindo Lindo Lindo
Beijos beijos
Bom Dia

Pluma Roja disse...

Bello poema de amor.

Saludosc cordiales desde Guatemala,

Hasta pronto, amigo. Lindo día.

♥ ♥ Eu disse...

Doce amigo, seu amor se espalha por todo o universo e se trnsforma em ricos acordes de uma bela canção.

mil beijos e linda noite prá vc!

Nany C. disse...

Menino...
agora eu é que digo...rsrs Passei a tarde buscando alguns vídeos e fiquei ouvindo essa música... Me lembrei de tanta coisa... tantas lembranças boas... que coisa...rsrs

Te adoro Everson!
Linda postagem o texto... a foto... ficou lindo!!!

Beijos no teu coração e um ótimo fim de semana!!

Sonia Schmorantz disse...

É tocante, lindo demais!
Um abraço e ótimo final de semana

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, MARAVILHOSO POEMA DE AMOR...LINDA FOTO...ADOREI AMIGO!!!VOTOS DE UM FELIZ SABADO, COM MUITA PAZ E AMOR...
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Nanda Assis disse...

que lindo e doce, e sincero. eu qria q alguem me disesse estas coisas.

bjosss...

Andreia disse...

Que lindo poema Everson!
Você sempre se supera, estou arrepiada!
Doce beijo querido e tenha um lindo e harmonioso fim de semana...

Sandra Botelho disse...

Este teu lindo poema me fez lembrar de um poema de Maria Teresa Horta que diz mais ou menos assim...

Morrer de Amor
ao pé da tua boca

Desfalecer
à pele
do sorriso

Sufocar
de prazer
com o teu corpo

Trocar tudo por ti
se for preciso.

Maria Teresa Horta

Lindo o teu poema...Carregado de amor.
Bjos no coração!

louca esquizoffrenica disse...

Everson que poema lindo, quando se ama e se é amado nunca se parte verdadeiramente porque o proprio amor não deixa.
Os amantes continuarão cantando o amor como se não houvesse barreiras que os separe porque o amor os transforma em algo inseparável. Não há tempo nem distância nem nada que vença um verdadeiro amor .
Beijos na tua talentosa alma de poeta e um lindo dia para ti .

Tatiane Trajano disse...

Lindo, lindo, lindo!
Tudo que eu queria dizer para um certo alguém nesse momento.

Bom final de semana pra você!

Beijos

Tatinha disse...

Meu querido e amado Russus,
Apesar de estar meio estranha, querendo subir em um Chanel legítimo, querendo uma mala de "oncinha", AINDA TE AMO!
Bom dia meu nego e que este sábado você possa "morrer de tanto amar"
Cheiros meu mineiro querido!

(Carlos Soares) disse...

Esse "ainda te amo" saiu forte,hein?Além de muito lindo.òtimo final de semana,bem poético e umabraço do amigo.

Felina Mulher disse...

Noossa eu amei o seu poema, lindo mesmo e se pareçe muito com a minha historia! Perfeito demais ... Beijos...muitos!!

Luciana P. disse...

Versos de amor são sonoramente prazerosos, combinam com brisa, vento, tempestade, chuva, mas também combinam com calor, sol, horizonte azul e sorvete de casquinha... e coca-cola bem gelada, como não podia deixar de ser... Bjs até...

Pelos caminhos da vida. disse...

Voltar aqui é respirar "AMOR".

Fim de semana de luz.

beijooo.

Daniel Costa disse...

Everson

Sempre belo, amando ainda que partindo para a eternidade. As nomoradas de sessenta teriam de escrever: "Adeus até à eternidade", em lugar do: "Adeus até que a morte nos separe". Ali o eterno incondicional, aqui o efémero condicionado.
A beleza com que escreves é um facto incondicional.
Adorei como sempre poeta.
Um Abraço
Daniel

Lelli Ramz disse...

E vai continuar amando, pq não depende de condição nenhuma para existir...

é incondicional

Lelli
Minha foto tu quer? aiaiiia será q ela vai criar asas...?

Garota Karioka disse...

Que lindo!
Faz lembrar quem amamos...
ótimo sábado e muito amor!

Pena disse...

Fabuloso Poeta Amigo:
Estou apressado, depois virei comentar a sua genialidade e simpatia, está bem?
Beijinhos de imenso respeito.

pena

MUITO OBRIGADO pela sua simpatia GIGANTE.

Pena disse...

Onde se lê. "Beijinhos" deverá ler-se "Abraço"
Desculpe, estou mesmo a partir.
Feliz fim-de-semana e MUITO OBRIGADO, amigo.
Com respeito.
Desculpe.

pena

Elaine Barnes disse...

Ai amigo, se eu encontrar essa mulher na rua vou gritar pra ela voltar pra você!Seu poema chora de amor e saudade.Esse amor tão lindo que supera até a ausência. Lindo de viver!
Quanto a letra, puxa,vou torcer pra vc conseguir, sei que leva tempo. Obrigada pelo carinho,mesmo com tantos seguidores,nunca deixou de me visitar. bjão

paula barros disse...

Que declaração de amor!

Um poema lindo, porque é forte o sentimento, o amor, o carinho, a entrega.

Não entendo de amor assim, cada vez que leio você, chego a essa compreensão.

abraços com carinho

Luciana P. disse...

Obrigada, mas não vai dar pra aceitar o convite, prefiro o meu solzinho ameno e convidativo da minha ilha da magia. Essa coisa de chuva, molhado, cinza não é comigo, rsrs, mas aproveita, tem gosto pra tudo, hahahahaha...

Luciana P. disse...

Vou te mandar um recado pelo orkut, leia e apague, ok?

Memória de Elefante disse...

Um amor(in)condicional!
Um transbordar de emoção.
Muito bonito!


Um beijo

MARIA L. BÓZOLI disse...

Agora, se um dia chegar, nem a brisa, nem o sol, nem uma gota de chuva, nem uma canção, nem o meu ombro te acolher e eu não puder dizer “ainda te amo”, faça uma oração por mim, porque eu parti te amando.

Maravilhosoooo........sem comentários.

Beijos prá ti tambem querido.
Um excelente Sábado .

Wanderley Elian Lima disse...

Bela declaração de amor eterno.
Um abraço

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Esses amores platônicos, não correspondidos ou desfeitos sempre dão textos inspiradores.

Bom fim de semana também...

até mais.

Jota Cê

Bandys disse...

Ah logo hoje que não vou pegar esse trem...
Vou vagar pela madrugada, dar uma volta pela lua, ver se eu vejo alguma estrela cadente. Preciso fazer um pedido urgente..

Bom vamos ao teu poema que é uma amor incondicional!!
Admiro amores assim. amores que se doam e ficam tatuados na alma.

Uma linda noite pra ti e que seu amor, seja sempre esse amor lindo e belo.
Não esqueci da entrevista não, mas hoje estou me preparando pra viajar pelo céu, rsss

Beijos no teu ♥

Francisco Vieira disse...

Meu amigo, um bom final de semana para si. E um abraco

Lau Milesi disse...

Arrasou poeta!!! Meus parabéns!!! D+!!!
Um abraço e fiquei por aqui.

Sonhadora disse...

Everson
Maravilhoso poema.
Amor incondicional...muito belo.
Bom fim de semana
Um beijo Grande
Sonhadora

Paulo Tamburro disse...

Everson, muito bom e dentro dos rigorosos padrões Everson Russo de qualidade e competência.

Não há muito a dizer-lhe a não ser deixar-lhe uma frase para refexão:

- O que para a lagarta é o fim do mundo, para Deus é nascimento da borboleta.

Voe amigão.


Agradeço sua generosodade e atenção pelas vistas aos meus blogs,pois seus comentários os enriquecem.

Sinceramente,Everson e um abração carioca!

Diário Espiritual da Vilminha disse...

oi meu doce amigo de alma e de coração acho que quando amamos é pra vida toda e pra etenidade também. Bjs e um ótimo final de semana abraços pro Ivson e pra toda a família.

MEUS PENSAMENTOS disse...

querido amigo renato seus poemas são lindos ja disse! mas é mesmo!

Geisa Machado disse...

Oi meu amigo!
Com toda esta sensibilidade e cheio de amor pra dar, ficar preso a alguém que já se foi é, no mínino, inadmissível. Voe para outros horizontes que lá tem riquezas muito maiores a sua espera.
Um ótimo fim de semana pra vc!
Bjusssss

Val Du disse...

Oi, Everson.

Um belo poema, muito rico em palavras que despertam os sentimentos.

Gostei muito da foto. Adoro flores.

Beijos.

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Como veio à calhar esses versos nesse meu sábado solitário, sem amor....

Layara disse...

...Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
E nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
E com amor não se paga.
Amor é dado de graça
É semeado no vento,
Na cachoeira, no eclipse...
[Drummond]

Amor nao se explica....rsssss. se aplica...ou se complica...ou apenas se Ama...

É sempre emoção o que transcreve dos teus sentimentos...bom, Amo isso e nem vou explicar...

Humm choveu foi?! também peguei chuva na estrada e fiquei sob uma nuvem tão escura parecia um tornado...lembrei do filme, aquele da vaquinha voando...rsssss...
Que bom que a tua chuva voce viu da janela...e te inspirou? a mim tbm.

Beijos e otimo Domingo com uma madrugada de inspirações a mil!

HSLO disse...

Perfeito amigo...e essa imagem caiu bem no poema viu.

te desejo um ótimo final de semana.


abraços
de luz e paz.


Hugo

Olavo disse...

Acho que nada que li foi mais perfeito com o momento.
Muito mais muito bom.
Bom domingo
Abraço

Sol da meia noite disse...

É um amor que bate forte dentro do peito.

Um beijinho *

bruna disse...

Adorei seu blog, parabéns! Lindo esse post. É incrível como o amor supera barreiras! Tanto as físicas como as emocionais. Você é um poeta e tanto. Parabéns.
Bjs

Desnuda disse...

Imagem e poema belíssimo amigo! Perfeitinho! Como é gostoso ler seus belos poemas...
Beijos, com carinho.

 
Web Analytics