domingo, 22 de novembro de 2009

Flor de Maio
Como vai meu pedaço de coração,
Que insiste em alongar a distancia,
Entre nossos abraços, sorrisos e suspiros,
Vida que segue tentando entender,
Toda a atenção perdida de um olhar,
Fixamente decifrando a raridade
De um diamante chamado amor,
Que hoje vê seu brilho ofuscado
Por um espaço que parece ter
Um milhão de anos luz
Desde seu ultimo beijo
Até o dia presente,
Ou tão longe quanto o próximo caminho,
Ou a próxima Flor de Maio.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

32 comentários:

♥ ♥ Eu disse...

Oi meu doce amigo...

senti tua falta hj e vim te deixar um beijo de boa noite!

Nany C. disse...

"Saudade ventura ausênte,
um bem que longe se vê.
Uma dor que o corpo sente
sem saber como e porque...
Um desejo de estar perto
de quem está longe de nós.
Um ai que não sei ao certo
se é um suspiro ou uma voz..."

Mas quando esse dia chegar... ai,ai...
O tempo será pouco, não será?!...(rs)
Será pouco pra compensar o tempo que esteve longe...
Mas o amor sempre compensa o tempo que se passou enquanto esperavamos por ele...
É sempre assim meu amigo... Sempre assim!
Um amanhã cheio de amor.(com ou sem flor)Cheio de cores e sois e luas...Beijos e carinhos (car)regados de amor!

De cá, beijos ternos no teu coração que aguarda tranquilo a chegada dessa paixão!

Um ótimo domingo Everson!
=)

paula barros disse...

Amores partidos. Em pedaços, em distâncias.
Amores que partiram. O coração em pedaços.
Os sonhos dilacerados que partiram, junto com o coração que partiu, que estão partidos.

Um coração partido, poemas inteiramente belos.


beijos no seu coração.

Thomas Albuquerque disse...

Distância,saudade e amor..Queira ou não queira, estão sempre juntos...

O bom amor deve a tudo isso superar.

Belos versos, lindíssima foto.

Bom domingo, amigo

louca esquizoffrenica disse...

Como sempre os seus poemas säo lindos . Um domingo de luz.

Memória de Elefante disse...

Um elo partido,despedaçado coração nem a distância consegue cicatrizar a dor deste amor.
As flores de maio ainda estão a nascer tão longe quanto o amor que um dia se foi...

Um poema lindo com muita dor...

Um beijo e bom domingo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Poeta do Amor dos Sonhos! Poemas alegres tristes sempre com muito amor! E flores! Lindo demais!
Muito obrigada
Beijos Paz Luz
Bom Dia

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Maio é o mês mais lindo do ano!

Daniel Costa disse...

Everson

O amor, como o cantas, como o apresentas terá sempre o doçura dos primaveris (aqui) dias de Maio.
Abraço
Daniel

José Ramón disse...

Um blog muito interessante.

Greetings from a criatividade ea imaginação das fotos Jose Ramon

Sandra Botelho disse...

Você escreve o amor, com uma ternura tão grande e uma realidade tão concisa, que não me deixa desacreditar que ele exista...
Que essa distancia seja longa ou curta, mas que nunca seja suficientemente grande para afasta-lo de seu grande amor.
Bjos no coração poeta do amor!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá meu amigo poeta, tomara que a próxima flor de maio chegue logo.
Um forte abraço

Layara disse...

...maio mes do amor
e a flor de maio
enfeita a varanda com
flores estreladas...
E nós esperamos que o
amor venha no mes de maio...


lindos versos.


Beijo Menino Lindo desse Horizonte.

Val Du disse...

Oi, Everson.

Há flores no amor...

Bom domingo para você.

Beijos.

Pelos caminhos da vida. disse...

Um Anjo para Você


Para iluminar seu caminho,
para colocar ordem na sua vida,
para você ter sempre a certeza,
de que ele está ao seu lado,
em todos os momentos.

Em qualquer situação,
na sua tristeza e na sua alegria.

E mesmo que você se esqueça dele as vezes,
ele estará sempre do seu lado,
lhe ajudando, lhe dando conselhos,
lhe conduzindo na sua estrada,
as vezes triste, as vezes alegre.

Ele sempre vai dar o melhor de si,
para lhe ajudar, e em troca disso,
ele só quer que você saiba dele,
que acredite nele.

Não precisa saber o nome do seu anjo,
basta lembrar dele como uma luz,
a iluminar o seu caminho.

E você pode ter certeza de que ele é assim,
uma imensa luz, que não se apaga nunca,
que não fica fraca,
que jamais perde sua força e seu brilho.

Um lindo anjo para você...
Que você possa contar com ele,
Sempre....sempre...

(Vilma Galvão).

beijooo.

Ava disse...

Há flores que derramam de tuas mãos em forma de palavras...

Querido Everson, posso ter parado com o blog, mas de ler voce, de desfrutar de sua doce poesia, jamais...


Beijos e obrigada por seu carinho....

Tatinha disse...

Bom dia meu querido deus grego... Passei rapidinho somente para deixar um tiquinho do meu perfume, para que seu espaço lindo possa ficar um pouco mais perfumando do que já é.
Beijos e um domingo lindo procê!

Maria Bonfá disse...

bom dia querido. uma delicia começar o dia lendo seu poema. vc é de uma ternura que eu amo ler.desejo que a "nossa" flor de maio chegue logo..beijos

Nanda Assis disse...

nossa lindo demaiss.
sentimentoss demaissss, me emocionam.

bjosss...

Luciana P. disse...

Lendo o título da sua poesia até me lembrei de uma crônica linda do Rubem Braga que se chama "Flor de Maio". Na verdade, ele fala sobre a importância do florescimento da flor e que ninguém liga, ninguém se emociona já que todos estão ocupados com as suas vidas e com os afazeres do dia a dia. Querendo ou não, há uma certa relação com a sua poesia já que vc menciona o tempo ou a passagem dele... até a próxima flor de maio. Ficou legal essa associação que eu fiz com o texto de um dos maiores cronistas brasileiros.
Beijos, poeta, e o perfume da flor de maio pra vc.

Felina Mulher disse...

Ola Everson,
Conheco bem esse sentimento, conheço bem essa passagem, vivo com ela ate hoje. So quem amou e ama assim sabe o significado de cada palavra.
Esse livro é a minha vida, vive comigo todos os minutos da minha vida, conheco cada trecho...
Ainda bem que nao sou unica......

Muitos beijos pra ti.

Danielle Macena disse...

perfeito esse post...

Anônimo disse...

Jesus iluminado!
Sentiu no peito a dor da ingratidão.
E humilde, orava! Nenhum homem atuou
tão pouco e deixou tanto.
Um abençoado Domingo.
Com muito carinho e agradecimento.
Oferemos nosso presente de 1 ano das
Unidas Pelo Amor :Esta na sala.
Evanir,Neinha e Lucilene.
www.unidas.pelo.amor.zip.net

Um beijo no coração filho querido.

Pena disse...

Genial Poeta Amigo:
Um Post perfeito.
Um poema extraordinário de sonho. Brilhante poeta do amor que as musas lindas gostarão imenso.
Fabuloso.
Que fascina na sua sensibilidade poética admirável.
Abraço forte de amizade sincera.
Sempre a admirá-lo

pena

MUITO OBRIGADO pela amável visita.
Bem-Haja, notável e extraordinário amigo.

Gilson disse...

O amor, sentimento fantástico, que é tão bom de se sentir e tão triste de se preder.

Abs

Rosemildo Sales Furtado disse...

Geralmente quando a distância aumenta, o reencontro é mais prazeroso. Belo poema Everson!

Abraços meu amigo e bom domingo.

Furtado.

Amanda disse...

Everson
Boa tarde!

Gostaria de te informar que tive problema na configuração do meu blog e o endereço para acessá-lo é:
www.amanda-amoremversos.blogspot.com

OBS: se vc perceber foi retirado o nº 2

Beijos

Bandys disse...

Everson,

Estava viajando e só cheguei hoje.

Mais uma das suas belas poesias..
O amor é tão simples que não precisa ser chamado de diamante..


Beijos e um ínicio de semana com muita luz e amor!

Sonhadora disse...

Everson
Lindo poema...gostei muito
Um Beijo
Sonhadora

Tatiane Trajano disse...

Desde o ultimo beijos... tantos e tantos desejos não saciados.

Boa noite, Poeta!

Beijos

Fernanda - menina descalça disse...

Olá querido amigo !!!
Saudade nada mais é do que sentir o passado tão presente ... mesmo que doloroso !!!

Beijos e uma ótima semana !!!

Vilminha disse...

Amei esta flor de maio principalmetne porque a flor que floresce em maio e em novembro são margaridas. Beijos e uma ótima semana.

 
Web Analytics