quinta-feira, 19 de novembro de 2009

A Solidão da Lua Entre as Estrelas
Linda e despida de amor
Lá estava a lua amarela no céu
Solitária no frio e no calor
Tentando lembrar o seu mel
De noite se faz inteira
Um travesseiro em lágrimas
É seu livro de cabeceira
As estrelas que velam o mundo ao seu redor
Não entendem por que ela
Não mais acredita num mundo melhor
Ali parada esperando tudo despedaçar
E o universo virar pó
Navegando no ar em gotas de chuva
Que beijam de longe o mar
Ela infinitamente se sente tão só
Delirante a madrugada
Insana e sem forças pra fazer mais nada
Ela se esconde entre nuvens
Põe-se atrás da montanha
Na esperança do sol chegar
E não ter outra noite solitária
Pra poder na escuridão do firmamento
Novamente se pendurar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Ame-me Diferente
Ame-me diferente
Com simplicidade do sol
A ternura da chuva
A maciez de uma rosa
O caminhar sereno do vento
Com o zelo das estrelas
O carinho da lua
As cores do arco-íris
A intensidade da tempestade
A beleza de um jardim
Ame-me assim
Com paz
Com calma
Com seus beijos
Com a sua alma
Ame-me assim
Com gosto de maçã
Cheiro de hortelã
Frescor da manhã
No céu e na rua
Em casa e nua
Feito poesia sem nexo
Com a força do sexo
Ame-me devagar
Olhando na mesma direção
Deixando na palma da minha mão
A riqueza que pra mim é o seu coração
Ame-me simples assim
Apenas com inicio e meio
Jamais sem fim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

36 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, verdadeiro Poeta do Amor dos sonhos das Madrugadas dos Dias da Vida!
Lindíssimos! Louvar a Lua é tudo. O Poeta nunca a deixa só. É uma verdadeira estrela e não poeira de estrela não copia recria
Amar de outra forma sim. Há muitos amares para quem tanto ama
Muito positivo Poeta da Alma
Beijokas
Bom Dia!

Pluma Roja disse...

Siempre es un placer leerte. Tengo que ir al traductor pero vale la pena. Gracias por tu visita. Un saludo cordial Hasta pronto.

Felina Mulher disse...

Meu anjo,
Acho que pedirei a lua pra me fazer companhia...tbm sinto-me só!

Um beijo cheio de saudade:)

Sonhadora disse...

Everson
Maravilhoso poema como sempre...a Lua e a noite, é a companhia da solidão.
Um Beijo

Layara disse...

uauu...rsssss...Lindo menino desse Horizonte Belo!

Te amo assim na tua simplicidade
e na minha complexidade...

rsssss....lógico!

Esse culto a Lua e as Estrelas, aqui com maíusculas pois acho que elas estão personificadas de um Lindo Amor...

Lindo Canto tuas Letras, gosto que me enrosco.


Beijos do meu Horizonte ao teu Belo Horizonte! a janela aberta e a brisa suave na pele, tem coisa melhor?

[estava lendo a Luciana, oh guria que escreve bem, putz! que delicia]

Layara disse...

...Lindo tive de voltar, rssss....
as vezes parece que o amor está tão longe, e as vezes ele está tão perto...

Te garanto ele vai chegar.

Beijos de Muita Luz de Estrelas e Lua, faz assim uma via Lactea todinha de Luz pra Voce, rsssss....logico!

Beijos e bom Dia!

EDUARDO POISL disse...

Como é bom ler poemas de amor, lindos poemas.
Abraços

Mari Amorim disse...

Olá,
até a simplicidade da lua
No céu e na rua
Em casa e nua
Com a força do sexo
Ama-me devagr...Forte isso..
gostos,cheiros,delicia!
Boas energias
Mari

Andreia disse...

Como diz a Mari,
forte este poema e tão profundo que estou sem palavras...
Obrigada pelas suas encantadoras visitas querido.
Tenha uma madrugada forte...
Terno beijo, rsrsrsrs

Desnuda disse...

Querido poeta,

este " amor diferente", é o amor em toda a sua plenitude, narrada com a riqueza dos seus versos.

Carinhoso beijo e linda noite!

Jacque disse...

Tudo Lindo. Obrigada por existir querido. Obrigada pela visita.

Beijo.

Jacque

Daniel Costa disse...

Everson

Em lindo poema a lua aparece, como que triste a lamentar o desamor que grassa neste mundo. Poema de suave intervenção para que o mundo não adormeça ao luar e não espere o sol raiar.
No segundo poema tudo muda, como quem diz: que me importa o mundo, o sol, as estrelas, a lua, desejo amar.
Espera-se o luz do sol a raiar, para este mundo iluminar.
Sempre lindo.
Abraços,
Daniel

louca esquizoffrenica disse...

Everson como sempre lindooo! Um amor simples é um amor verdadeiro, mesmo que se queira complicar, não dá, por ele vai lá estar simples puro e verdadeiro, sob o olhar da lua que apesar de solidária sempre dará sua luz para iluminar os amantes, todos eles os que estão perto os que estão distantes.
Não há distância que não se vença quando o amor impera. Beijo e um lindo dia para ti.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá meu amigo, a lua sempre servido de inspiração para os poetas.
Bela quinta
Abração

Laurita disse...

Amo o Céu o firmamento
O dia, o Sol e o luar
As estrelas e o vento
E amo todo o momento
Que a brisa toca no mar

Beijócas

almarude.blogspot.com

Pelos caminhos da vida. disse...

Olá! Dei uma passadinha por aqui,

só para ver como você estava

e te desejar um

ÓTIMO DIA!!!



Lembre-se, hoje é um dia muito especial,

Melhor que ontem e muito melhor que amanhã,

Hoje você têm a oportunidade de fazer as coisas diferentes.

Bom Dia!!!

beijooo.

Layara disse...

...Bom dia!

céu de azul intenso e inspiração a mil,
passando pra desejar

Muita Luz e muita inspiração o que seria dos Poetas sem sua paletas de letras para pintar a tela da vida em forma de Poesia, ah! não seria bom, mesmo.

Beijos!

Muta Luz!

Desnuda disse...

++++++++++++++++++ Beijos, poeta! Lindo dia,amigo. Obrigada pelo carinho.

paula barros disse...

Everson, bom dia!

Quantas pessoas se sentem assim feito essa lua que você poetizou. Quantas vezes já me senti assim.

Mas o bom é que somos feito a lua, com fases, e mesmo quando o céu está nublado e encobre a nossa luz, sabemos que logo voltaremos a brilhar e a ter companhia das estrelas.

beijos

paula barros disse...

Amar assim é o sonho de todos. Amar com alma faz ser bem assim feito você descreve.

beijo, achei lindo.

Nany C. disse...

Ai Rverson... muitas vezes estamos e somos como tal esperando que tudo a nossa volta se transforme para que possamos 'brilhar', reinventar... (re)existir!

Somos pequenas luas cheias de amor numa escuridão cosmica de esperas... Somos paixão que brota e se contem. Nós mesmos nos represamos...
Muitas vezes tive vontade de romper essa barreira e inundar... noutras me deixei ser apenas uma gota que molhava o sorriso...

Ai... Poeta, amigo... Doce amigo...rsrs
Lá vou eu sonhando nas palavras...
(coração anda assim... a contar estrelas...rsrs) beijos no teu, na alma, nos olhos que guiam as mãos...na palma de tua mão!
Bom dia!!!

Memória de Elefante disse...

Um mundo de constelações e astros que encantam através das palavras emocionantes!
Imagens que refletem em nós tão pequenos diante deste Universo,fragmentos em fases da Lua!

Muito bonito!!!

Um beijo e bom dia!

Val Du disse...

Everson,

Sei de uma coisa: para escrever assim, desse jeito você só pode ser um amante da natureza.

Maravilha!

Um dia maravilhoso p/ você.

Beijos.

Bandys disse...

Ah Everson,
A lua se sentindo só?

Ai, ai, ai! Vou discordar!
A lua é dos poetas, das poetisas, dos namorados, dos amantes, dos apaixonados, é minha é tua, é nossa... É das estrelas!
A lua nunca está só. No mínimo ela é do meu olhar, dos meus sonhos, dos meus pensamentos.
hahahaha, pra ela não ficar tão sozinha eu te dou ela de presente assim ela nunca mais será sozinha!
**************************************
Quem não quer um amor assim???
Lindo poema!!Um amor assim certamente não teria fim mesmo.

Hoej tem Cazuza, obaaaaaaaaaaa, estarei de camarote, cantando, aplaudindo e reverenciando o primeiro da MPB, rssssss

Beijos menino Renato, lembre-se que a partir de hoje voce tem a lua pra tomar conta, pode começar cantando Agenor pra ela, rsss. nossaaaaa, ela vai adorar.

Beijos e uma madrugada de muitos sonhos proce!

uminuto disse...

que vença o amor...simplesmente e não a solidão na noite
um beijo

Adolfo Payés disse...

Hermoso tus post te leo y me quedo en silencio, disfrutando de tu escritos..

Todo un placer visitarte..
Un beso.

Un abrazo
Saludos fraternos...

Tatinha disse...

Diante de uma duna, me sinto um grão de areia. Um grão de areia pequeno diante da beleza e da grandeza da duna. Mas nem mesmo por ser pequena, deixarei de oferecer a você, meu coração puro e pronto para amar, meu olhar sereno para lhe vigiar e meus braços para lhe acolher.
Queria eu poder ter o dom divino que você possui, "meu deus grego" :)
Um dia cheio do calor da minha amizade por você, junto com um cheiro mineiro.

gotadevidro disse...

Belíssimos poemas envoltos em amor e encantamento.

Adorei

beijito

Priscila disse...

Passando pelo teu blog me encantei.
Podemos amar diferente, mas o diferente somos nós...

Estou te seguindo comc carinho e gostaria que você me visitasse também. Estou começando agora e será um prazer tê-lo comigo.

Beijos!

Carol Mioni disse...

(...)Não entendem por que ela
Não mais acredita num mundo melhor
Ali parada esperando tudo despedaçar
E o universo virar pó
(...)

Se ele percebesse o que vc percebe a vida seria tão mais linda...

Se eu ñ voltar: ótimo feriado pra vc!
beijoooooo

♥ ♥ Eu disse...

Oi poeta lindo, a beleza e o encanto afloram em seus poemas carregados de muito amor...parabéns.

Um tarde linda prá vc, querido amigo!

Priscila disse...

Obrigada pela gentileza e pela visita. Gostei da forma como transcreve teus sentimentos para o papel.

Te seguir é um prazer.

Beijos.

Pena disse...

Dois poemas Enormes de genialidade poética fabulosa.
Registei pela beleza:
"...As estrelas que velam o mundo ao seu redor
Não entendem por que ela
Não mais acredita num mundo melhor
Ali parada esperando tudo despedaçar
E o universo virar pó
Navegando no ar em gotas de chuva
Que beijam de longe o mar
Ela infinitamente se sente tão só
Delirante a madrugada
Insana e sem forças pra fazer mais nada
Ela se esconde entre nuvens..."

Fantástico, poeta amigo.
Alguém lhe dará o seu devido valor.
Abraço amigo de parabéns sinceros.
Sempre a admirá-lo

pena

MUITO OBRIGADO pela amabilidade deixada no meu blogue.
É um Ser Humano Fantástico.
Bem-Haja. Excelente versejar.

"re" disse...

Nobre Poeta

Só silêncio.

Meu desejo; que tenhas um ótimo final de semana, que seja lindo e meigo como tu...
Besos y cariño

Paulo Tamburro disse...

EVERSON,seus poemas são profisionais.

Falar o quê?

Continue nos presenteando com estas pérolas.

Agora, e, nome de BETINA LARA e LUCIA HELENA, estou lhe convidando para ver no meu blog,"COMO ERA FÁCIL FAZER SEXO", o que as duas andaram aprontando!!!!

Um abração carioca

Luciana disse...

Oi Everson uma excelente noite

Bjs

 
Web Analytics