terça-feira, 3 de novembro de 2009

Neon do Amor
O mundo montava paisagens
O coração queria amar
O corpo cedia às vontades
Queria mesmo ao êxtase se entregar
Tudo tinha um motivo
Cada fruta o seu sabor
Na paixão sofrimento corrosivo
No outdoor da vida o neon do amor
Colorindo a escuridão
Fazendo rivalidade as estrelas
Tocando fundo no coração
E na janela eu ia só pra vê-las
Da exatidão do meu olhar
Tão pequena era a lua
Na beleza da ânsia de amar
Ou deitada na minha cama completamente nua
Pintei aquarelas de um sol dourado
Rebusquei acordes pegando sonhos emprestados
Queria você ao meu lado
Desejos de amor em lugares sagrados
Tão certo como o sopro do vento
Que leva pra longe seu perfume em luar
Eu disparo meu verso nesse momento
Na beleza do mar poder te encontrar
Assombra-me a solidão
Tenho medo da escuridão
Mas também sei que nessa estrada
Poderei encontrar com o seu coração.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Deitado Sob a Chuva Fria
Dedilhei todos os meus sonhos
Num violão que tocava amor
Desafinei na hora de amar
Perdi-me num acorde
Que só me lembrava dor
Com um lápis eu rabisquei
A partitura que eu mesmo criei
Sai correndo pelo mundo
Nada em meu coração
Encontrava a sintonia
Meus sons não tinham alegria
Minha vida não tinha harmonia
Na boca o amargo do seu corpo
No peito a tristeza pela solidão
O coração já anestesiado nem sentia dor
Ele era raio relâmpago e trovão
Parei os meus passos acelerados
Deitei na grama verde de um jardim
Tentando encontrar minha poesia
E com o olhar eu rabisquei em nuvens escuras no céu
Ali deitado sob a chuva fria.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

26 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta!
Dois poemas sempre Belos, um up outro down, que se complementam, como a vida,
Lindos, sem dúvida,
Parabéns,
Beijos para os seus sonhos,
Boa Terça,

Nanda Assis disse...

nossa everson. quem sabe o vento leve a vc meu perfume.

bjoss...

Desnuda disse...

Querido amigo,

dois poemas lindíssimos. Só um poeta consegue através das palavras esta alquimia: de sentimentos como solidão e tristeza construir em versos um belo poema.



Ótima semana, amigo! Beijos e meu carinho.

Nany C. disse...

Everson, uma ótima semana cheia de coisas boas que aquecem teu coraçaõ!
Beijos n'alma com o carinho da amizade que cativas em mim.
Te adoro!

louca esquizoffrenica disse...

o amor pode ser assim...te dá a maior felicidade ou pode te dar o pior dos sofrimentos. É bom a gente não se perder nessa busca. O amor quando é verdadeiro e partilhado sempre pode ter esperança...acho. Beijos Everson os teu poemas me encantam.Hoje também eu estou assim, feliz por amar infeliz por não ser amada como gostaria.Um dia feliz.

sonho disse...

Não há nada mais doce que ler a ducura dos teus poemas...
Um bom dia para ti
Beijo de um anjo em teu lindo coração

Francisco Vieira disse...

Siga mais um forte abraco para o Brasil, para si e para todos os seus leitores. :-)

(Carlos Soares) disse...

Saudade dos amigos.Já cheguei quase à noite e fui dormir cansadOo coração também... e dispara versos à procura de alguém, olhando da janela a lua.Parabéns,amigo. Lindos os poemas. Um abraço e ótima semana

Encanto do Amar disse...

Poeta do amor, a natureza sempre presente nas tuas poesias, deixam tudo com gosto de chuva,relva,lua,paisagens e passagens de desejos,saudades de amar.

Beijos de Encanto.

Thomas Albuquerque disse...

Tênues sentimentos revelados por sublimes lembranças.

Serenas palavras...


Abraços.

Pena disse...

Dois poemas notáveis, fabulosos e brilhantes do seu sentir.
Excelentes.
Abraço amigo de respeito, estima e consideração. Uma óptima semana repleta de bem-estar.
Bem-Haja, amigo fantástico pela visita significativa. MUITO OBRIGADO!

pena

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, DOIS MARAVILHOSOS POEMAS...BELISSIMAS PALAVRAS, GOSTEI MUITO!!!
QUE TENHAS UM OPTIMO DIA AMIGO.
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Mariana disse...

Everson eu ficar dizendo que gostei dos teus poemas, parace falta de criatividade.
mas dizer que fico sempre maravilhada com o teu talento, que gosto de vir ler-te sempre.
Estou na torcida para q publiques um livro, é claro q irei comprar.
Beijos

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Memória de Elefante disse...

Dois poemas que falam a dor do amor de uma maneira muito visceral!

Um Beijo e ótima semana!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá meu amigo, dizer que os poemas são belos é chover no molhado.
Forte abraço

Daniel Costa disse...

Everson

Em poemas teus a beleza de amar toma laivos de uma poesia, com um ritmo de encanto. É canção, transporta sonhos amor, é espanto, é encanto, é o sonho de uma da vida sempre a amar.

Abraços,
Daniel

Majoli disse...

Repetitiva, mas verdadeira, sempre, sempre...seus poemas são lindos, você é lindo, é de uma alma poética sem fim...ah que coisa boa ter todo dia algo novo aqui pra se ler.

Amo vir aqui.

Beijosssssssssss

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Boa Tarde, Poeta!
Jamais cansa vir aqui e reler seus Belos Poemas
Sempre dosados
Na justa medida
Beijos Abraços Paz Amor Incondicional,

uminuto disse...

música em forma de palavras
um beijo

uminuto disse...

música em forma de palavras
um beijo

Luciana disse...

Oi Everson uma linda tarde pra ti meu amigo.
Bjs

Eu amo um cara chamado Flavio disse...

Lindo, os dois poemas, ou seriam poesias? Putz, agora preciso saber a diferença....Med é bom, de maneira equilibrada, no meu caso, foi medo demais, bjão, boa semana pra ti também.

Elaine Barnes disse...

"Queria você ao meu lado
Desejos de amor em lugares sagrados
Tão certo como o sopro do vento
Que leva pra longe seu perfume em luar"- O amor é sagrado assim como os lugares em que o consagramos, muitas vezes na memória, na saudade, outras no coração.

"O coração já anestesiado nem sentia dor
Ele era raio relâmpago e trovão"
O amor tem a força da natureza, ora revolta,dolorosa, ora levando aromas para perfumar a lua...
Que bom passar por aqui e alimentar a alma que se aquieta ao te ler. bjs meu amigo e um abraço carinhoso

Bandys disse...

Até que enfim..

e depois dessa saga, nem posso falar muito.

Você como sempre consegue colocar sua sensibilidade em palavras.
Consegue falar atraves da alma.

Belos!

Beijos meus

paula barros disse...

É querer o amor com uma profundidade que vem tirando de nós lembranças e saudades e vontades....mas sempre uma vazio, um medo, uma procura, uma espera, uma ausência...transformados em belos poemas.


abraços e tudo de bom, meu querido poeta.

 
Web Analytics