quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Eu e a Janela
Eu e a janela
A lua e ela
A madrugada de longe
Pintando uma escura tela
Eu olho da janela
E vejo como ela é bela
Debruçada em seus sonhos
Numa estranha aquarela
Eu beijo seu sorriso
E sigo os passos dela
Eu te compro uma estrela
E em poesia eu te digo
O quanto és bela
Do lado de fora da janela
Eu olho pra ver os sonhos dela
Nua lua pela cama
Quem te amou e quem te ama
Você se levanta em universo
E nesse meu verso
Vejo-te inteira
Caminhando pelo quarto
Na madrugada verdadeira
Eu e ela e a janela.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

35 comentários:

Sonhadora disse...

Everson
Como sempre, somos brindados com poemas maravilhosos...mais um lindo
Um Beijo
Sonhadora

Nanda Assis disse...

que lindo!!!! igual a vc, é raridade!!!!

te adoro.


bjosss....

Thomas Albuquerque disse...

Queria ter uma vista como essa...ter a pessoa amada perante os olhos, nos deixa inspirados,apaixonados e sensíveis...enfim, o poeta é o guerreiro do amor.

boa semana!!!

Layara disse...

...e da janela da existencia, vejo o dia que passa no tic-tac das horas...

Teu poema está Lindo, suave...

[nós combinamos...rsssss...em falar da janela?]

beijos e muita Luz entrando pela janela.

Nany C. disse...

"...E nesse meu verso
Vejo-te inteira..."

Quando a alma transparece, a paixão domina e faz do coração refém. Somos voyers da paixão, do desejo... ele nasce por dentro enraizado no peito... Crescendo nas fases dos quartos-minguantes quando se ilumina com a lua... Lua dos amantes num céu etério a observar-nos as fases e entrando por nossas janelas...

Ai meu amigo, perdoa...
estou num êxtase com tantos momentos que me figuram a cabeça que não domo as palavras... e aqui me solto, querendo a lua no meu quarto iluminando meu peito como que mostrando o caminho certo pro meu coração... E eu, não tenho coreagem de dizer não a paixão que aquece o peito... reacender a fornalha tantas vezes assim que necessário para manter viva a vontade que faz o coração pulsar...

Viver é a melhor das paixões...

Beios no teu coração e na tua alma!
(a minha, vai embriagada pela madrugada...)

Daniel disse...

Everson

Dentro de certo espírito de modesta humanidade, nem sonharás as lições de poesia, que aqui venho beber. Pudera estar à altura de retribuir, objectivamente adoraria partilhar.
"Eu e a Janela", é um poema de amor
em conseguido, achei por bem reler, para sentir de novo o jeito ritmico.
Abraço poeta.
Daniel

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia!
Que Bela Poesia pura cheia de sentimentos.
Sempre nos enriquece.
Aprecio muito
Beijos, Poeta dos Sonhos,

Gilson disse...

Oi sumido, gosto do teu jeito de escrever envolvendo sempre a amada e os astros e estrelas. Muito bom

Abs

Sandra disse...

Bom dia Meu querido amigo.
Bela poesia. Eu e a Jenela.
Olho o céu da janela e vejo as estrelas, piscando e sorrindo para mim...
Uma delas é vc, a brilhar nesse mundo tão grande e cheio de luz.
É maravilhoso, receber amigos em nossa casa, e passar o dia conosco.
Amo a sua Amizade.
És um amigo muito especial para mim.
Sei que as palavras, são pequenas, mais tem um peso muito grande em nossa Vida.Valorizo cada momento que está aqui, juntinho de mim.
Por isso quero dizer que amo muito vc. meu GRANDE AMIGO VIRTUAL.

QUE DEUS ABENÇÕE VC. POR ESTAR SEMPRE EM MEU BLOG, COM TODO ESTE CARINHO, QUE É MUITO IMPORTANTE PARA MIM.
UM ABRAÇO BEM FORTE..TENHA UM LINDO DIA.
SANDRA

Namorado da Ria disse...

Bonita janela :-)
Bom dia amigo. Tudo de bom para si e um abraco

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo, chamaria de janela indiscreta.
Forte abraço

louca esquizoffrenica disse...

Bom dia Everson passo para deixar meu beijo a ti que és um eterno apaixonado e para te dizer que adorei o poema hoje.

(Carlos Soares) disse...

Ah, a janela. Adoro me debruçar na minha janela, olhando o quintal, a lua,ficar vagando e divagando. Um dia numa extrema solidão escrevi assim: ' da minha janela posso ver o mundo, mas o mundo não vê minha janela'. Mas você vislumbrou um bela tela de sua janela. Acabei rimando... rs rs. Um abraço e ótimo dia

Fernanda - menina descalça disse...

Oi queridíssimo !!!

Poema lindo como vc !!!

Beijos e uma linda quinta-feira ...

BANDEIRA disse...

Vc já olhou pela janela de madrugada ? a noite é linda, as ruas, o vento soprando, a escuridão, a solidão, o silencio...

E se está acompanhado, essa janela fica melhor ainda.

Linda poesia poeta,
BEIJOS

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON, COMO É APANÁGIO DO TEU BLOGUE, MAIS UM BELÍSSIMO POEMA... ADOREI!!!
QUANTO Á SUSY, ELA ESTÁ COM PROBLEMAS NO COMPUTADOR... APANHOU UM VÍROS E AGORA É ESPERAR... TUDO TEM REMÉDIO NESTA VIDA...´
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Amanda disse...

É da janela que temos uma visão, ela pode ser a mais bela dependendo da nossa cosmovisão.

Gosto do que você escreve e da forma como escreve...

Beijos em versos!!!

paula barros disse...

Querido poeta, boa tarde!

Um lindo cenário, enfeitado pela lua. A lua dos amantes, dos sozinhos, dos poeta.

abraços com carinho.

Deusa Odoyá disse...

Meu querido, lindoe cativante poeta.
Nos cativas com seuspoemas iluminados.
Sempre o amor, a lua, as estrelas como complemento.
Everson, a janela nme passa o que pode haver de mais sublime dentro de sua alma.
Muito lindo parabéns, mais um belo poema de um belo poeta.
Uma semana de muitas realizações, paz, luz e amor.
Beijinhos meu lindo poeta.
Te dolo...
Regina Coeli.

Memória de Elefante disse...

Um belo poema metafórico para a Lua personificada na mulher!


Um beijo

Bandys disse...

Everson,

Seria essa janela a da alma??


Uma janela que dá para onde tudo pode ser, tudo pode ver, tudo nascer..

Voce, cada dia se inspirando e pirando(hehe) mais.

Brincadeira, hoje estou feliz!
Alias quase sempre estou feliz..
Quem tem amigos , não se sente só.

Beijos ♥

Sandra Botelho disse...

sabe... nas minhas noites de solidão...
Converso com a lua, podem me chamar de doida, não me importo.
Mando recados, deposito minhas dores,
é minha companheira, minha confidente.
Nunca me traiu, nunca distribuiu por ai meus segredos. Alem do mais, não me julga...Somente me ouve.
E debruçada na janela, já chorei, já sorri, já sonhei...
Não sei bem ainda, quem sou eu, mas de uma coisa tenho certeza, não faço parte deste mundo.
Acho que sou ser de outro planeta, ou bicho estranho sei lá...
Ainda sonho com um conto de fadas, com um principe montado em um cavalo branco, parando debaixo da minha janela...Essas coisas de gente maluca como sempre me diz minha filha...
A janela ouve tudo e se mantem em pleno silencio, respeitando meu momento de conversa com a lua.
E assim vou vivendo serena e feliz, neste mundinho só meu.
Bjos querido poeta!

Sandra disse...

OLA AMIGO!
Voltei...
DEIXEI UM SELINHO PARA VC. NESTE ENDEREÇO:

http://sandraandrade7.blogspot.com/
TE ESPERO LÁ.
COM MUITO CARINHO
SANDRA

Ricardo Calmon disse...

Olá Meu Bom e Amado Poeta,escriba de ponta e amigo inesquecível,te abraço e referendo,siempre!
Viva La Vida!

Pena disse...

Notável Poeta Amigo:
"...Eu olho da janela
E vejo como ela é bela
Debruçada em seus sonhos
Numa estranha aquarela
Eu beijo seu sorriso
E sigo os passos dela
Eu te compro uma estrela
E em poesia eu te digo
O quanto és bela
Do lado de fora da janela
Eu olho pra ver os sonhos dela..."

Magistral. Imponente. Grandiosa sensibilidade.
Uma Perfeição gigantesca na "confecção" de versos admiráveis.
Parabéns.
Abraço de respeito imenso e estupefacção pela fabulosa significação de encantar as lindas musas, poeta fantástico.
MUITO OBRIGADO pela visita amável.

pena

Lua disse...

Delicado,profundo, lindo!

Uma sexta maravilhosa pra vc, beijos!

evanir disse...

Querido , filho em meio a tantas angustias e sofrimento no decorrer desse ano resolvi participar de uma brincadeira e , tendo voce como uma grande filho convido vc para ler a postagem do blog ,Unidas.
Um beijo carinhoso da sua maizinha ,
Evanir.proibido dizer não.
www.unidas.pelo.amor.zip.net

Essência e Palavras disse...

Suas palavras expressam carinho, ternura.
Me encanto!!!

beeejo

Blue disse...

E se a lua tiver olhos,
verá esta linda tela!

E acabou o sofrimento. Autuazori foi-se. Tarde demais. Fica agora para o ano que vem.

Abraços

Mary Help disse...

Para vc tb meu amigo Everson, uma ótima sexta e uma noite maravilhosa com bons sonhos.
Beijinhos iluminados, Mary Help!!!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Como sempre, criando maravilhas. Adorei!

Bela sexta-feira para ti.

Abraços,

Furtado.

Mari Amorim disse...

com aquarelas pintamos telas
colorimos sonhos
descobrimos possibilidades
abrimos a janela
e a esperança entra como
realeza em nossos corações
trazendo nos o ápice da felicidade.
Boas energias
Mari

Felina Mulher disse...

Muito lindo Everson...Parabéns!

Tenha você uma linda Sexta, cheia de muita inspiração.

Beijos.

SAM disse...

Bonito, sempre, amigo!

Beijos e meu carinho.

Ianê Mello disse...

Lindo poema!

Uma ode à amada.

Beijos

 
Web Analytics