segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Contradições do Amor
O amor cuida e prende perto de si
O amor liberta e presenteia com o infinito
O amor é carinho nos momentos de paz
É conflito quando se encanta demais
O amor é sereno feito vento breve nos cabelos
É tempestade insana de raios aos seus apelos
O amor é vidraça que acolhe a chuva
É pedrada que quebra e faz desabar
O amor é uma alma que acompanha os passos
Mas ferido ele se afasta e fica na solidão
O amor são pétalas de seda macia afagando o coração
Mas despetala sua própria flor ao dizer sim e não
O amor é sol, mas, também é lua
É o inverso do caminho de ida pela rua
O amor é vento e ventania
É choro cercado de dor e alegria
O amor é paz que reina em bandeira
É também conflito que nos faz perder o caminho
É excesso de proteção pela posse
Mas também o mesmo amor deixa sozinho
O amor é passear solitário pela chuva fria
É lembrar-se de você e escrever uma poesia
O amor é um porto totalmente seguro
Mas também é um salto num precipício escuro
O amor é choro de emoção
É riso de raiva
O amor é também devoção
E uma lagrima que rola dos olhos e beija o chão
O amor é sensação de leveza
É ver a cor dos seus olhos pela manhã
Mas o amor também pode ser tristeza
O amor é um papel em branco
Aonde vamos escrevendo nossa história
O amor pode ser o mais eterno sonho
Mas também pode ser uma saudade em nossa memória
O amor é minha tristeza na solidão
Mas se você está comigo ele é minha alegria
Ainda que eu fale a língua dos homens e a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria.

Citação de I Corintios 13:1 da Biblia Sagrada

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

52 comentários:

Thomas Albuquerque disse...

Monte Castelo
Legião Urbana
Composição: Renato Russo (recortes do Apóstolo Paulo e de Camões).

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor, eu nada seria...

É só o amor, é só o amor
Que conhece o que é verdade
O amor é bom, não quer o mal
Não sente inveja
Ou se envaidece...

O amor é o fogo
Que arde sem se ver
É ferida que dói
E não se sente
É um contentamento
Descontente
É dor que desatina sem doer...

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor, eu nada seria...

É um não querer
Mais que bem querer
É solitário andar
Por entre a gente
É um não contentar-se
De contente
É cuidar que se ganha
Em se perder...

É um estar-se preso
Por vontade
É servir a quem vence
O vencedor
É um ter com quem nos mata
A lealdade
Tão contrário a si
É o mesmo amor...

Estou acordado
E todos dormem, todos dormem
Todos dormem
Agora vejo em parte
Mas então veremos face a face
É só o amor, é só o amor
Que conhece o que é verdade...

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor, eu nada seria...


simplesmente isso..rsrs

boa semana.

paula barros disse...

Everson, o amor é tudo isso, e muito mais.
O amor é tudo que escrevem, que sentem, que imaginam, que faz sorrir, que faz chorar...e é muito mais.

O amor é surpreendente, porque nós seres humanos somos surpreendentes.

Somos contradição, mudança, evolução, busca....

beijo e uma ótima semana para você.

Lady disse...

Ah, o amor...
O amor é um papel em branco
Aonde vamos escrevendo nossa história
Quero ser feliz eternamente nas asas da emoção.
Linda semana poeta querido.
Bj

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, BELISSIMO POEMA...LINDA DESCRICAO DO AMOR...ADOREI AMIGO...QUE TENHAS UMA FELIZ SEMANA!!!
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Memória de Elefante disse...

O Amor é fogo que funde, nessa maré que nos levanta juntos sobre a crista de onde pensamos dominar os horizontes infinitos, adquirimos asas e parecemos onipotentes.


Um beijo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo* Na tradição de São Paulo ++++++++++ Renato Russo ====: Everson Russo - o Poeta dos sonhos do Amor*

SEUS OLHOS NÃO FAZEM TEMER

Quando a alma é boa
o coração se abre atoa,
as palavras são mansas,
as atitudes calmas, do amor não se cansa.
Quando a alma é boa, é transparente,
está sempre presente,
mesmo que ausente...

Suas palavras são doces,
seus olhos não fazem temer,
não julga o amor,
não se abala com a dor,
tudo compreende,
é pela vida, é pelo viver...

Quando a alma é boa, o sorriso ilumina,
deixando todos à vontade,
é assim a alma boa de verdade...

*Valquiria Cordeiro*

Ganhei da Déia e repasso para vc!
Beijos
Bom dia sempre!

Adolfo Payés disse...

Maravilloso como solo vos sabes escribirlo poeta.. maestro..

un gusto leerte siempre..

Un abrazo
Saludos fraternos...

Que tengas una semana excelente..

Sonhadora disse...

Everson
Maravilhoso poema...uma bela descrição do amor.

beijinhos
Sonhadora

ღPaTiღ disse...

Amigo,

Se superou, lindo demais!
Esta poesia merece destaque.
Nada para acrescentar somente contemplar...

Beijos com carinho.

Graça disse...

Depois dessa definição do amor que vc apresentou, nunca mais será preciso alguém fazê-lo, meu amigo!!!

Tá tudo aqui... emocionantemente belo, lindamente descrito e sabiamente conceituado.

...beija o chão... lindo isso, é o máximo da humildade do amor.

Parabéns!

Bjs e ótima semana.

meus instantes e momentos disse...

viva o amor.
Tenha uma ótima semana.
Maurizio

Andresa disse...

Belíssima citação amigo.
O amor que nos inspira , é o amor que nos faz sonhar
Uma otima semana
Bjs
Andresa

Felina Mulher disse...

Everson, vc poetizou com a alma. Este poema é pura realidade e nós seres humanos passamos por esta ardente chama que é o amor.Conseguiste superar Luis de Camões.

Beijos...linda semana.

Gilson disse...

Fala amigo, estou voltando aos poucos e em breve estarei me atualizando de tudo. Espero que você esteja bem.

Abs

Daniel Costa disse...

Everson

O amor é eternamente tudo, é sempre o florir de uma flor, ficou dito: por vezes é nada. Esse nada, tem de ser visto como o inicio de uma outra nova alvorada. O amor jamais poderá ficar no nada, o mundo sempre gira, mas a auto estima pede que não se deixe ser amado.
Abraço
Daniel

Lou a esquizoffrenica disse...

Everson, bom dia. O amor é o tudo e o nada é o principio e o fim, o amor é o combustível da vida sem o qual nada se movimentava. Beijos grandes, um dia lindo. Tenho um novo blog loucuracontusa.blogspot.com,gostava que passasses por lá.

lita duarte disse...

Everson,

O amor sublime é sábio, pois só quer o bem.

Beijos.

Xanele disse...

Hummm

Se eu falasse a língua dos anjos
Sem amor, eu nada seria...

Usei esse pedaçinho no convite do meu casamento...rsrs

Amei
bjsss Amore

Maria Bonfá disse...

dizer que é lindo é muito pouco.. vc falou tudo.. sem amor o que seriamos ? parabens querido.. sou sua fã.. lindo dia para ti..beijão

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Bravooooooo!!! Descreveu muito bem as incoerências e contradições do amor. E por coincidência tem poema parecido na "cantinho poético". Só que ela desafia com inndagações, como: "Então só poque é perigoso vou viver sem emoção?"Muito bom mesmo. Votos de uma bela semana. Um abração

Meri Aleixo disse...

O amor é presente para nós mesmos
completa-nos
o outro usufrui conosco


lindíssimo
ler-te é delicioso


beijinhos

Tatinha disse...

Ah... o amor! Esta coisa chamada de amor!! hummmmmmm!
Estou passando somente para lhe deixar um cheiro cheio de carinho.
Hoje não quero ler, ver e nem sentir esta coisa de amor ( homemx mulher ) só de AMIO VERDADEIRO, que é você!
Amo você meu poeta querido!

Josy Nunes disse...

Oi,
amigo Everson,
Desejo-lhe um super bom dia e um inicio de semana maravilhoso par você!
E quanto ao poema adoro as contradicões od amor sem elas não valeria a pena amar...
bjos no coração e fica com Deus

Ju Fuzetto disse...

Lindissimos seus versos!!!

O amor é tudo que podemos tocar ou sentir


Abraço

carol sakurá disse...

"É estar-se preso por vontade"
A delícia de dor e labor que é o amor.
Beijos!

Ilhados Aqui disse...

pelo seu perfil talvez curta o último post, que faz uma referênciazinha sutil ao legião. talvez qaté curta as músicas... abraços: http://ilhadosaqui.blogspot.com/

Carol Mioni disse...

Sem amor eu nada sou. Ele me ergue. Me mantém Me transforma. Linda semana pra ti! Beijos!

uminuto disse...

talvez por causa dessas mesmas contradições, o amor seja algo tão forte e intenso
um beijo

uminuto disse...

talvez por causa dessas mesmas contradições, o amor seja algo tão forte e intenso
um beijo

Majoli disse...

Vim te ler e me saborear de suas palavras...é tudo sempre lindo.
Amo te ler, me envolvo por completo.

Beijos meu querido amigo.
Fique com Deus.

Garota Misteriosa disse...

O amor... sentimento nobre, singelo, forte, sereno, difícil... tantas nomenclaturas para tal sentir... Que tal apenas amar?

Lindo, lindo e lindo poema.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Essa parte bíblica falando do amor é linda demais....

Maravilhoso começo de semana, querido amigo.

Rebeca


-

Vanessa Souza Moraes disse...

Super contraditório mesmo...

Beta disse...

Olá
Tem promoção de aniversário no MIX, passa lá!!!
Divulgue!!
Bj
beta

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
Hoje nós dois falamos sobre as contradições do amor. Ele é assim mesmo, contraditório porém maravilhoso.
Grande abraço

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Pois é...não há como definir o amor.
Nem suas contradições.
Só sentí-lo.
E basta.

=)

Clara disse...

"É estar-se preso por vontade" particularmente essa é a frase...gosto desse texto descreve muito bem o amor.
um abraço e uma bela semana !!

Clara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lou Witt disse...

O amor é como criança no parque
em um domingo ensolarado.
É correnteza que molha a face
é rio que deságua no mar
transformando-se em densa espuma.

o amor é um pássaro que voa
na liberdade do vasto horizonte
e pousa nas brancas nuvens
levando consigo as esperanças
dos viajantes e eternos sonhadores.

o amor é o sorriso em teu rosto
que vejo cada vez que te olho
e que trás guardado segredos
que é morno como as tardes de outono
e aquece como o sol de dezembro.

E se você disser que o amor
é bem mais que isso eu acredito
porque o amor tem a forma
que você quiser.

Lou Witt

Fernanda - menina descalça disse...

Oi amigo !!!

Ahhh esse amor... !!!

"Sem amor eu nada seria"

Beijos

Maria Dias disse...

Quem ama liberta!Dei uma sumidinha mas já estou na área...rs...

Beijinhos

Luan Fernando disse...

Fico sem palavras, para falar do amor ao ler algo tão esplêndido.
Foi escrito com muita perfeição.

Beijo
Juliane S. Rocha

Lau Milesi disse...

Lindo,lindo e lindo.
Contraditório ou não ...não vivo sem ele.
Não vivemos, não é poeta?
Um beijo e meus parabéns!

M@ria disse...

Ainda que eu fale a língua dos homens e a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria.

ke lindoooooooooooooooooo

Uma semana de paz........Beijos pra ti.

Blue disse...

O amor é o dom supremo.
Só lendo a passagem bíblica para entender!

aBRAÇOS

Blue disse...

O amor é o dom supremo.
Só lendo a passagem bíblica para entender!

aBRAÇOS

Nosso ! Blog disse...

O amor é tudo !
http://nossoblog100.blogspot.com/
Abraço

Elaine Barnes disse...

O poema é fantástico.Divino!O amor liberta,jamais aprisiona, sublima as qualidades e se constroi com bom humor e admiração. As paixões se não transformadas em amor, arrastam tudo, até o bom senso e a auto estima. Montão de bjs e abraços

Luciana P. disse...

Hummm, como está romântico este rapaz hoje...

Desnuda disse...

O poeta disse tudo de uma forma linda. E a citação, um fecho de ouro. lindo, Everson! Beijos



* Sem notícias do nosso amigo...

romantic disse...

LINDO POEMA EN JUNÇÃO COM OS VERSICULOS BIBLICOS.ADORO MARGARIDAS
AS PREFIRO DO QUE AS ROSAS!

romantic disse...

meu poeta querido ,vou te pedir este poema tbm pra uma futura postagem,me mandaria tbm a margarida por ela me apaixonei...

 
Web Analytics