sábado, 27 de fevereiro de 2010

Retrovisor
Ficou pra trás o caminho
Onde eu andei sozinho
Procurando o amor,
Escondido na poeira
Na beira de uma estrada sem fim
Onde o amor estacionou longe de mim,
Pelo sol e pela lua eu segui
Esperando você nua bem perto aqui
Numa longa jornada onde eu me perdi,
Não encontrei o seu sorriso
E derramando lagrimas eu desisti.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

46 comentários:

SAM disse...

Querido poeta,


nostálgico, tristonho...Mas belo. Todas as formas de amor em poesia são lindas. É a "mágica" da poesia.


Linda noite! Beijos, com carinho.

Lidia Ferreira disse...

So mesmo num poema somos capazes de achar beleza num poema triste , mas seu poema e lindo
bjs

Lidia Ferreira disse...

So mesmo num poema somos capazes de achar beleza num poema triste , mas seu poema e lindo
bjs

Luciana P. disse...

Sabia que depois dos girassóis, a segunda flor que eu mais gosto são os lírios?

Nanda Assis disse...

acho triste qndo desistem do amor.


bjosss...

Luan Fernando disse...

Não sei o que é certo, mas tenho certeza que desistir não pode ser a melhor escolha.
Beijos de Juliane

Luciana P. disse...

Hahahaha, nada a ver com a sua poesia do retrovisor, mas é que lembrei de comentar isso antes que eu esquecesse... mas, voltando aos lírios, rsrsrs, gosto da beleza deles, por srem brancos, tanto que os plantei em um vaso, pra ficar na sala e eu poder apreciá-los.

Espero que encontre o sorriso da moça, não desista. Não faça como eu, você pode gostar da solidão! Até que ela é uma boa companhia.

Beijos, poeta, linda madrugada pra ti.

Fátima disse...

Meu querido menino!
Desculpe, não consigo encontrar o que te dizer, não hoje.

Os lápsos de minha memória se repetem cada vez mais constantes, só lágrimas me restam nessa hora, desculpe.
Passei pela minha amada "re", (nossa), tentei lá deixar meu carinho.Vim rapidinho mas não consigo.

Sinta-se amado e querido.
Beijo no coração.

Sonia Schmorantz disse...

Teus poemas tem encanto ímpar!
Um abraço, ótimo fim de semana

Fumaça Subindo disse...

sempre bom encontrar poesia por aqui

Nany C. disse...

aprendi que o coração não desiste... ele apasigua e deixa adormecer... fica como urso que dorme durante o inverno e vai deixando os sentidos acordarem aos poucos...

Olhar pelo retrovisor é ver o que foi feito certo e errado...

Amores são sempre possíveis desde que se coloque uma vírgula....

Beijos no coração Everson...
Te adoro meu amigo...
Um maravilhoso fim de semana pra ti!!

Daniel Costa disse...

Everson

Seré mais próprio talvez pensar no amor perdido e logo esquecido. Partindo a percorrer outro camimho, noutra direcção, é procurar esquecer, partindo para outro que irá aparecer.
Abraço fraterno
Daniel

direitinho disse...

Procura e desilusão.
A vida é assim. Procuramos depois que perdemos e remexendo na saudade queremos de novo viver.

Bandys disse...

Querido,
Olha a sua amiga aqui!!!


Deixo um meu hoje


Sou uma mistura de sentimentos...
Sou pedaços de céus com punhado de terra
Sou oceano azul e o verde da montanha
Às vezes estou muito perto outra sou deserto
Sou antídoto e sou veneno
Às vezes sou presença e em outras sou ausência
Sou inteira, sou metade, sou saudade.
Sou estrela e sou o breu
Às vezes sou você, mas também sou eu.
Sou sorriso e às vezes sou a lágrima
Sou essa mistura de sol ardente com trovoada.
Às vezes sou tudo, em outras nada.
(Bandys)

Retrovisor só serve pra quem dirige.

Baccios

Lou a esquizoffrenica disse...

Adorei a imagem de hoje.
Quando já não há nada que se possa fazer para recuperar um amor perdido então o melhor é guardá-lo por vezes lembrá-lo mas conduzir a nossa viatura em busca de outros objectivos. Beijo.
É triste quando um amor não vinga , mas acontece frequentemente e não pode ser o fim do mundo .

Elcio Tuiribepi disse...

Olá amigo...um detalhe não deixei de perceber...voltei algumaspostagens e constatei a mudança nas imagens...a silhueta sempre presente de uma mulher deu lugar a outras gravuras...isso é um sinal...ou viajei na maionese literalmente...rsrs
De qualquer forma um belo poema...na medida certa da palavra saudade...
Um abraço na alma...bjo

Wanderley Elian Lima disse...

Desistir do amor jamais.
Beijos

Maria Dias disse...

Talvez esta história tenha chegado ao fim para dar início a uma outra.Mas diga que valeu a pena pois: "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena".rs...

Beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Desistir nunca, linda imagem.

Bom sabado pra vc amigo.

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Desistir nunca, linda imagem.

Bom sabado pra vc amigo.

beijooo.

Luciana P. disse...

Ah, e ainda sobre os lírios, quando é que vc vai postá-los aqui???
Vou esperar, poeta!

Besos lilazes, azules, roxos, furta-cor e vermelho-escarlate!!!
Também um cor de prata!!!
Sacou???

Josy Nunes disse...

Oi,
Ev,
Bom dia! Amigo!
Gostei pura nostálgia...lindo, lindo!
Bom fibal de semana, beijos no seu coração e fica com Deus

Felina Mulher disse...

Não desista do amor, não desista de amar...toda dor um dia se transforma em algo bom!

Tenha um lindo dia...beijos meus.

Tatinha disse...

Se eu olhar no meu retrovisor, meu querido, salto do bonde e fico no meio do caminho chorando.
Então, no momento, estou preferindo olhar em frente.
Sei que lá adiante eu vou encontrar o pote cheio de amor.
Cheiros e um sábado cheio de amor para você, meu poeta lindo.
beijos

Pérola disse...

Bom dia meu querido.
Ai q busca triste, mas ao mesmo tempo tão meiga.
Vc tem um jeito tão delicado nas palavras, até quando tudo parece estar perdido.
Parabéns viu!!!
Um lindo dia e um beijo grande.

Impulsiva disse...

Até nas pelavras tristes, encontramos algo que nos move...a sua desistência me fez pensar que não é desistindo que faremos a dor passar e o amor florescer...

Lindo, lindo!
Eu sei porque finalizaste assim, por algumas longas horas desistimos sim, sempre após uma tentativa fracassada, mas logo a amor se encarrega de renovar as forças.

Grande abraço,
Kenia.

Lua disse...

Pra desistir é preciso de muita coragem.

Um otimo fim de semana p vc queridoa, bjao!

Impulsiva disse...

Correção: *palavras.

Lady disse...

Desistir assim de um amor verdadeiro?
Tem certeza?
Se quer deixar o passado para trás e escrever uma nova história, sim, recomece...
Felicidades!!!!
Ótimo final de semana pra ti!
Bjs

meus instantes e momentos disse...

bom como sempre, triste, mas lindo de ler.
Maurizio

seu gordo disse...

Andei ausente! Mais ao contrario de Belchior to de volta, vou tirar o atraso vendo o que andei perdendo, bom final de semana

uminuto disse...

mesmo com lágrimas, acho que não devemos desistir
um beijo e bom fds

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, BELISSIMO POEMA...UM POCO TRISTE...ADOREI...QUE TENHAS UM BOM FIM DE SEMANA AMIGO!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo! Mas nunca, nunca desista do amor, isso é triste****************
Coragem, afinal

*Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
é condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!*

Florbela Espanca

Beijos e arriba!
Renata
Ótimo Dia e nada de choro, viu!

Felina Mulher disse...

Tu não existe....kkkkkk...queres me ajudar numa mudança?Pago bem...mas é domingo, o dia todo e sem direito a almoço.O que me diz?


conheces aquele ditado: ENQUANTO EXISTIR CAVALO, S. JORGE NÃO ANDA A PÉ

Beijossss

carol sakurá disse...

Belo poema triste!
Não desista,poeta!
Beijos!

Pena disse...

Oh, Notável e Deslumbrante Poeta Amigo:
"...Ficou pra trás o caminho
Onde eu andei sozinho
Procurando o amor,
Escondido na poeira
Na beira de uma estrada sem fim
Onde o amor estacionou longe de mim,
Pelo sol e pela lua eu segui..."

Nem sempre o amor acontece.
Há instantes de desilusão pura.
Excelente versejar, amigo extraordinário.
Bem-Haja, pela sua majestosa sensibilidade apurada e singela de maravilhar e encantar.
Abraço amigo.
Sempre a admirá-lo

pena

É um Ser Humano gigante, sabia?
Oh, as musas...!

Adolfo Payés disse...

Tu poemas son una maravilla mi querido amiga..es un lujo leerte siempre..


Un abrazo
Saludos fraternos..

Que disfrutes el fin de semana...

Sonhadora disse...

Meu querido Everson
Lindo poema, um bocado nostágico, mas lindo.

Beijinhos
Sonhadora

lidia disse...

HOLA EVERSON,ERES LA PERSONA MAS AMIGABLE,Y SENSIBLE, QUE INTERNET ME HA PERMITIDO CONOCER...TUS TRABAJOS SON BELLOS,TUS POEMAS PROFUNDOS,UNA MULTITUD DE GRACIAS,A TI POETA
UN ABRAZO ENORME DE ARGENTINA
LIDIA-LA ESCRIBA

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

ººº
Agradeço a tua presença no meu espaço (como seguidor) e como vi no teu perfil que a Biblia Sagrada é das leituras que te atraiem mais, esta é a minha questão:

Será que o destino de todos nós é esgotar as ideias de Deus?

Abraço!!

Garota Misteriosa disse...

Desistir do amor jamais, por mais que algumas experiências sobre este sentimento tenham sido ruins e/ou doloridas... Desistir do amor jamais...

Lindo texto

Bjus da Brenda

Elaine Barnes disse...

Concordo com a Bandys: "Retrovisor é pra quem dirige".Talvez seja a hora de dirigir sua própria vida e deixar de pintar só o passado, quem sabe mudar as cores, deixar o cinza para tras e pintar o hoje com cores vibrantes.Digo isso porque um dia inverti, as lembranças do passado eram lindas e meu hoje era cinza.Passei então a ver a vida com novas lentes e fui pintando meus dias com as cores que eles mereciam. Os amores do passado deixei lá,passei a olhar ao redor e a não perder as oportunidades de amar de novo e aí fui me apaixonando por mim,deixei de ser a rejeitada a não valorizada. Eu fui mudando alguns valores e algumas coisas se repetiam e eu fazia diferente. Hoje estou ainda sozinha por opção,mas, se esbarrar em alguém interessante, vou ver ao menos o que é. A escolha é nossa e as cores, somos nós que colocamos.Você não fez nada errado, você é que está dando poder pra "ele". Pinta vai! Montão de bjs e abraços sinceros de quem te gosta muito.

Lou Witt disse...

Lindo como sempre!!!

Beijo e um domingo de paz pra você, poeta!!!

BANDEIRAS disse...

Boa Noite Poeta:

Lutar sempre, desistir jamais, principalmente, qdo se trata de amor.

Um belo domingo prá ti

BEIJOS !

Sandra Botelho disse...

Coloque cores forte e vibrantes em sua vida.
As vezes vivemos em um casulo, e esse casulo nos aprisiona em sentimentos que nos causam dor.
Portanto deixe velhos amores onde estão, ou seja no passado.
Não desista do amor, mas somente mude as regras e os caminhos que o levam até ele.
Bjos querido poeta e tenha dias de mel.

 
Web Analytics