sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Um Longo Caminho
A Long Way
A vida me veio assim
Fazendo da solidão amiga
Fazendo das horas da noite poesia
Ou ao menos tentando
Já amei, hoje não sei como é
Perdi o manual,
Já tive quem me ensinou, mas foi embora
Perdi o rumo do caminho
Não vejo muito encanto no sol
No azul do dia, me seduz, a noite e a escuridão
A chuva que molha o jardim, às vezes até destrói
Gosto de ouvir o silêncio das estrelas
As palavras ríspidas que a lua não diz
Gosto da sensação da tempestade
Da destruição de tudo
Da ira dos raios
Da ansiedade que provocam os relâmpagos e trovões
Encanta-me ver a flor da janela
Tombada pela ação das águas
Das lagrimas e do que faltou
O corte no coração é profundo
E o amor não tá nem ai pra isso
Ele se encanta pela dor
Sombras bailam ao som de holofotes
Silhuetas caminham tranqüilas
E a paz parece bem distante
O equilíbrio mora em algum planeta
Que jamais será descoberto pelos dias
Uma estrela cadente salta o infinito
E um amor decadente dispara o grito
Nuvens desenham olhares
A chuva vem em respeito ao choro
Cultuando seu mundo insano e perdido
Tudo que plantou não deu fruto
E seu mais simples sentir foi corrompido
Deito-me sob esse céu escuro
Ainda sonho em ser feliz
Mesmo que a flor que perfuma essa vida
Foi-me arrancada pela raiz
Às vezes quero repousar e dormir
E não mais acordar por aqui.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

47 comentários:

Layara disse...

...uma estrela cadente
...um amor decadente...
as vezes nao quero mais acordar
por aqui.

Menino Lindo, as vezes acordar dos sonhos, deparar-se com a realidade nua, nos deixa assim com medo dos dias...

mas, ainda há beleza no brilho da escuridão da noite, ainda há a molhada sensação das chuvas de verão cálidas na pele, e uma gota na janela, e outra na flor mais bela...

Versos tristes, porém lindos, intensos.

Beijos daqui.

agora aqui estou sentada sob a sombra da noite e o vento brinca com meus pensamentos.

mARa

Sonhadora disse...

Meu querido Everson
Lindissimo poema...um pouco nostalgico, mas belo.

Mesmo que a flor que perfuma essa vida
Foi-me arrancada pela raiz
Às vezes quero repousar e dormir
E não mais acordar por aqui.

Adorei

Beijinhos
Sonhadora

Graça disse...

...perder o manual é grave...


mas loguinho, loguinho tu encontras o bichim de novo, uai!!!

Lindo, meu querido amigo!

Mas...pensando bem tem o fato de que o poema é de 98...rs

Claro que já está tudo bem, sim, ufa! estou certa disto.
Paz, meu amigo.
Deus te proteja muito!
Bjs!

Lou a esquizoffrenica disse...

muito lindo hoje, como sempre, sabes que adoro lua, flores e tempestades.
Estou a tentar expandir-me, pela web, tens twitter? estou a precisar de companhia por lá, obrigado pr aceitares o meu pedido no facebook. Beijos e um dia maravilhoso!

Nany C. disse...

Meu amigo... que saudades de vir por aqui...

Everson... Um beijo grande em seu coração!

Uma ótima sexta!

=)

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Não é longo, nem difícil; pode ser até curto e fácil para chegar ao coração de alguém. Basta ter amor, pelo amor de Deus!
Poeta, este poema chegou ao meu coração e ao de todos nós, tenha certeza. Manual não é preciso. Amor se aprende e nunca mais se esquece.
Lindo poema!
Beijos.
Bom dia!
Renata
Não sai comment melhor. Depois de dormir, sairá!

ღPaTiღ disse...

Everson,

É como já foi dito: triste e lindo!!
Penso, que cada um de nós tem uma forma de a(mar), demonstrar e reconhecer o amor. Por isso, é difícil se colocar no lugar do outro para entender o que se passa no coração. E por mais difícil que seja um sentir, não acredito que - O Amor - possa ser sádico!

Deixo estas palavras para você:
A música e o amor são como versos poéticos, o mesmo vento que leva, traz. Muitas vezes, com mais solidez. E se não voltar, recomece com um novo amor... e que mereça todo teu dedicar!

Abraço com carinho meu amigo.

Nanda Assis disse...

adoro seus poemas, e o mais legal e q vc tem inspiração todos os dias, sem cair na mesmice, ta de parabéns meu eterno poeta.

bjosss...

lagrima disse...

Everson, meu querido, como assim perdeu o manual?! Você ama como ninguém, é amado como ninguém!
Teu amor está mesmo alí ao lado, vai ver que foi só buscar-lhe uma surpresinha :)))
Diferente do habitual, está lindo esse poema.
Mas..., está muito p'ra baixo hoje, não tou gostando disso, menino!
Beijos, querido. Tem 6ª. feira feliz.

Fátima disse...

Manual pra que menino bonito e (hoje) triste.

Seu coração é seu guia!!!!
Arriba...arriba.
Se tua planta não deu frutos, porque certamente merecia colheita melhor.

Fique bem amigo.
Noite linda pra "ti"
Beijos.

Edimar Suely disse...

Oi menino,

Passando para desejare um lindo final de semana e muita paz em seu lar.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha2.zip.net

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Talvez quem tenha ensinado o amor e levou o manual esteja perdida por aí também, ou seja, nem sabia direito o que é amor. Ou não deu valor. Somos todos aprendizes nessa grande aula da vida que é o amor.A gente na verdade nunca sabe. Poema triste e belíssimo.Gostei da admiraçao aos raios e ventanias. Claro, em lugar seguro, gosto de assistir uma tempestade para ver um pouco da força da natureza e fico comparando com as emoções que vivemos. Um abraço. Ah e ..""la e o mar" também é llindo. Um abraço e ótimo final de semana

Elcio Tuiribepi disse...

Se encontrar o manual...rasga...rsrs
Segue o coração pelas batidas queo resto fica mais fácil...
Lindo poema amigo...cheio das dores do amor...
Um abração na alma...um beijo no coração amigo...
Bom fim de semana...

carol sakurá disse...

Querido,poeta!
Teu olhar me encanta!
Beijos!

Lady disse...

Bom dia!!!!
É um prazer imenso ler tudo o que você escreve com tanto sentimento.
Lindo como sempre, você me inspira a a cada dia que passa sabia?
Um beijo no coração

Felina Mulher disse...

Meu anjo,
diante do que li, calam-se as palavras, pois vc me trouxe d evolta uma emoção que eu a tempos não sentia...e aqui dentro do meu quarto ao som de uma canção, ainda bete um coração acelerado, pois apesar de ter sofrido nao desisto do amor...mas rolou dos meus olhos uma lágrima...choro calada, diante de tamanha explosão de sentimentos que conseguiste deixar por cá.

Beijos moço bonito...adoro vc!

Josy Nunes disse...

Oi,
Everson,
amigo vc me deixou muda...que lindo... amei masi essa!!
beijos grandão no seu coração e fica com Deus.

obs: tava com saudades pois nesse corre-corre. Fiquei sem poder passar por aqui....mas, com um aperto no coração..
bjo

Ju Fuzetto disse...

Belissimo poema!!

Parabéns!

adorei essa parte

"Mesmo que a flor que perfuma essa vida
Foi-me arrancada pela raiz
Às vezes quero repousar e dormir
E não mais acordar por aqui"

ábraço

TristãoeIsolda disse...

A vida também é essa nostalgia, esse desalento. É ganhar e perder.
Mas acima de tudo, terá que ser vontade de enfrentar os dias e desejo de felicidade.

Abraços nossos


(Tristão e Isolda)

Memória de Elefante disse...

O que seria da poesia sem a dor de amor do poeta?

Lindo

Um beijoi e ótimo final de semna

Katy disse...

Nossa, nunca me identifiquei tanto com um poema seu....
também perdi o manual do amor....rsrs...
Um dia a gente encontra e o amor volta a sorrir....
Ótimo final de semana para ti, querido!
Beijinhos.

uminuto disse...

às vezes apetece adormecer ao som do silêncio das estrelas, mas também é importante despertarmos para viver a vida
um beijo

uminuto disse...

às vezes apetece adormecer ao som do silêncio das estrelas, mas também é importante despertarmos para viver a vida
um beijo

Bandys disse...

Everson,
Nossa senti o raio e o trovão aqui.
Deu até medo. Ouvi sua voz dizer..
"Tudo que plantou não deu fruto
E seu mais simples sentir foi corrompido"
Putzz, sabe que já plantei feijão deu! Aí fui me empolgando plantei varias coisas até pimenta, rss Nossa deu tudo. Fiquei com uma plantação.

Hoje planto flores e amores..Mas escolho o que plantar sabe?

Hoje to colhendouma rosa linda!
Amarela.

Beijos

lita duarte disse...

Meu amigo.

A dor também é necessária.

Olhe ao redor... veja quantas fores.:)

Um grande beijo.

lita duarte disse...

Opa! flores.:)

margusta disse...

Obrigada amigo!
Um bom fim de semana para você também.
Beijinhos,
Margusta

MISCELÂNIA RIFF disse...

Nananinanã.... Perdeu o manual para amar???? Não existe receituário e o senhor é e será um ETERNO APAIXONADO... Bjitos.

E.Suruba disse...

rola fácil o que vc escreve

Francisco Vieira disse...

Lindo, Everson!

O poema, claro :-)

Abracos para si e para este pessoal todo que vem por aqui.

Um bom dia para todos

Graça disse...

rsrsrs...

agora a conversa é outra, meu querido amigo!!!

Que micão! desculpa, viu? Não sei se estou precisando de óculos novos, umas férias dobradas ou...será que já é caso de internação, meu Deus?rs

Pior que o seu, então...que, como eu disse, perder o manual até pode ser grave, mas a gente acaba encontrando logo ele de volta! Ah, se acaba.
Obrigada por avisar...
Bjs
Fique com Deus, poeta lindo.

FOTOS-SUSY disse...

OLA QUERIDO AMIGO, MARAVILHOSO POEMA...UM POCO NOSTALGICO...MAS LINDISSIMO...ADOREI...QUE TENHAS UM FIM DE SEMANA ILUMINADO!!!
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Luciana P. disse...

Por mais que a gente sofra, sempre esperamos ser felixes. A solidão é sempre considerado por nós como algo trnsitório, passageiro, em hora pra ir embora. Bom mesmo quando essa hora chega e é substituídas por alguém que vale a pena.


Mais um post polêmico no Afrodite. Não se assuste, hahahahaha. Não tive culpa. Foram as meninas que pediram. Bj

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Espero que você encontre o caminho para felicidade.
Grande abraço

Daniel Costa disse...

Everson

Devo considerar que esceveste um extrordinario poema, é de justiça, segundo o meu gosto e leitura pormenorizada. Por outro lado a observação conduziu-me a um dado interesante, conforme o meu ponto de vista: soou-me como um grito de alguém, que deseje desafar com uma escrita de força.
Seja como fôr aconteceu um óptimo poema.
Um grande abraço.
Daniel

Luan Fernando disse...

O poema foi escrito com um apuro admirável.
Gostei da forma como falou do sol, da lua, da morada do equilíbrio.
E seu desfecho como sempre com uma enorme perfeição.
Esse é um dos meus favoritos.
Beijo!
Juliane S. Rocha

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Voce só pensa que esqueceu o manual.
Quem escreve aqueles poemas primorosos é uma pessoa sensível, cheio de amor no coração.

Acredite, é só uma fase.
Qualquer coisa, vc tem meu email

Beijo

(Ó: estranhei demais esse poema, fiquei triste.)

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Final de semana chegando e a correria diminuindo. O negócio é curtir a desaceleração dos afazeres e sentir que a preguiça nessas horas tem seu valor. Então, vou deixar uma música que acho maravilhosa, pode ser?

É essa:

http://www.youtube.com/watch?v=VqVwY5PJNGw

Maravilhoso final de semana, querido amigo.

Rebeca


-

Thomas Albuquerque disse...

A oesia nos proporciona momentos de vários tipos, desde a mais bela noite, até a mais fria solidão.

Seu cinza será um dia colorido.

bom fim de semana.

Mari Amorim disse...

Everson,
me desculpe a ousadia explicita.
Ao ler esse poema.pontuei minha alma nele,interessante como pessoas,tem no mesmo instante,sentimentos tão semelhantes.
Boas enerias
Mari

Sofia Carvalho disse...

...Já amei, hoje não sei como é
Perdi o manual,
Já tive quem me ensinou, mas foi embora...
Lindo amigo! de cortar a respiração. Quantos não sofrem do mesmo mal, né?! beijinhos e bom fim de semana

romantic disse...

vc ,vc me faz chorar!
como pode sentir ,sentimentos tão iguais?
vc verdadeiro poeta everson.
um fim de semana agracciado,ok bjs!

Anônimo disse...

È sempre bom retornar mesmo quando imaginamos ser impossivel.
È maravilhoso sentir tão de perto o carinho ,que vc nos dedica .
Com muito carinho e amor desejamos uma È sempre bom retornar mesmo quando imaginamos ser impossivel.
È maravilhoso sentir tão de perto o carinho ,que vc nos dedica .
Com muito carinho e amor desejamos uma chuva de benção em sua vida.
Um final de semana na luz e na paz de Jesus.
As Unidas.Meu filho de volta para nosso Mundo...E deixando um convite aceita ser padrinho do SHALOM ???? breve estara no ar o blog que tanto amamos..Deus abençoe vc filho da minha vida maizinha ,Evanir.
www.unidas.pelo.amor.zip.net

Majoli disse...

Não perdeu o manual não meu querido, ele está dentro de você, se olhe e se ache.

Desejo tanto ler que estás amando e sendo amado, ainda vai chegar o dia em que aqui no livro entrarei e isso verei.

Beijos com muito carinho meu lindo amigo.

Maria Bonfá disse...

apaixonante.. lindo !

Deito-me sob esse céu escuro
Ainda sonho em ser feliz
Mesmo que a flor que perfuma essa vida
Foi-me arrancada pela raiz
Às vezes quero repousar e dormir
E não mais acordar por aqui.

esse sonho de ser feliz nunca o abandone..as palavras tem poderes.. ei de te ver feliz.. beijão

paula barros disse...

É sempre muito difícil se refazer depois de se viver uma grande amor. Ficam cheiros, imagens, recordações...fica até a vontade de nunca esquecer...

beijo

Elaine Barnes disse...

Lindo demais, palavras muito bem colocadas. Um grande poeta você, faz da tristeza uma torrente de sentimentos expressos de uma maneira verdadeira, franca. Gosto demais apesar de ser triste.Montão de bjs e abraços

 
Web Analytics