domingo, 7 de fevereiro de 2010

Falling Stars
Eu quero ver no fim do por do sol,
Em qual montanha se esconde o luar,
Se no final daquela tarde eu vou,
Em outro inverno te encontrar,
Se o amor se perdeu no céu,
Ou desapareceu no mar,
Porque as estrelas caem no jardim,
Onde é o inicio o meio e o fim,
Como é quebrar os espinhos e deixar,
Nascer de novo a poesia e o sim,
Do que um dia foi amor em mim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

37 comentários:

M@ria disse...

Hoje eu não sei dizer.
Só sei sentir..
Há dias em que palavras
não são capazes de traduzir
o sentimento.Bom mesmo
é ser compreendido
mesmo quando não sabemos
dizer...Amar é uma forma
de crêr em silêncio!

Bom Domingo! Beijos na alma!

Thomas Albuquerque disse...

E a busca pelo eterno e verdadeiro amor continua..rsrsrrs

siga sempre em frente, rumo ao sol à lua, ao mar..com certeza irás achar.

bom domingo.

Lou a esquizoffrenica disse...

Pequeno, maravilhoso e triste mas com um toque de esperança, adoro!. Beijos um dia lindo para ti

Sonia Schmorantz disse...

"É a possibilidade que me faz continuar e não a certeza. Uma espécie de aposta da minha parte. E embora me possam chamar sonhador, louco ou qualquer outra coisa, acredito que com Deus tudo é possível..."
Um lindo domingo e ótima semana!
abraços

Nany C. disse...

tem uma melâncolia escondida nas entrelinhas... se sente... e coube bem a imagem. É como que um coração cheio de vontades mas que não sabe ao certo o que lhe vai acontecer...

nessas horas se deve espantar o medo e a duvida...

(assim me coube esses versos)

Beijos em teu coração meu amigo...
a semana passou tão rápido

(minha quarta-feira de cinzas está chegando...rsrs)

Sonhadora disse...

Meu querido Everson
Como sempre lindissimo poema...um pouco nostalgico, mas lindo

Como é quebrar os espinhos e deixar,
Nascer de novo a poesia e o sim,
Do que um dia foi amor em mim.

Adorei

Beijinhos
Sonhadora

ღPaTiღ disse...

Amigo Everson,

Está lindo demais teu poema.
Existe muito amor dentro de você, contemple isso...

Excelente domingo,
Beijo com carinho.

Felina Mulher disse...

Alguém disse isso, mas nçao sei quem..rsrs...deixo pra ti moço bonito.
“Esse é o nosso mundo
O que é demais
Nunca é o bastante
E a primeira vez
É sempre a última chance…
Quando me vi
Tendo de viver
Comigo apenas
E com o mundo
Você me veio
Como um sonho bom
Comparamos nossas vidas
E esperamos que um dia
Nossas vidas
Possam se encontrar…”

Beijosss...lindo despertar.

Adolfo Payés disse...

Hermoso poema.. poeta.. ya lo siento por mi ausencia..

Un abrazo
Saludos fraternos...

Una disculpa por mi ausencia..

Que tengas una semana estupenda..

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

É bonito sim, mas discordo, porque o Amor = Princípio Fim Meio INFINITO8
Beijos
Bom Dia

direitinho disse...

Cada dia é um recomeço e os sonhos teimam em continuar.

Desnuda disse...

Boa noite, meu amigo

todo o brilho das estrelas no seu olhar. Luas e sóis de amor e paixão em todas as estações para você.

Carinhoso beijo, poeta.

Lady disse...

Eu quero ver no fim do por do sol,
Em qual montanha se esconde o luar...
Maravilhoso como sempre!
Quero deixar algo para você com carinho.
Vamos viver o momento, passear com a felicidade,caminhar de mãos dadas com o amor,e adormecer com o carinho!
Tenha um lindo domingo!
Bj

Nanda Assis disse...

bacana demais meu amigo.
bom domingo.

bjosss...

Luciana P. disse...

Não, eu ainda não dormi... Depois volto aqui, hahahaha, mas só depois que eu dormir, rsrsrs. Bjs

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
Tenha uma linda semana, cheia de inspiração e belo poemas.
Forte abraço

Wilson Rezende disse...

Poema lindo Everson, tenha um ótimo domingo.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

A poesia sempre se renovará em você, meu amigo. Um abração e ótimo domingo. Amanha leio com calma OS TEMPLÁRIOS. o assunto me interessa. Um abraço

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

A saudade do amor dó demais.
Já aconteceu de eu querer sair da minha pele pra deixar de sentir tanto.
Mas passa =)

Hoje publiquei teu poema, já tá lá.

Um bom domingo pra voce

=)

Daniel Costa disse...

Everson

Por vezes o poeta terá arroubos de nostalgia, mudará, chegará a dia.
Atrás dia, dia virá, a própria poesia sempre bela, se virará.
Abraço
Daniel

Meri Aleixo disse...

Belíssimo poema



abraço

Confesso disse...

Seu espaço me encanta, teces palavras com maestria!

Beijos confessos

Josy Nunes disse...

Oi,
Amigo
Everson
Passei para te desejar um bom dia que seja super iluminado e inspirado!!!!
Bjos no coração e fica com Deus e um Giga Domingão.

Vera Y. Silva disse...

poético demais pra ser verdade

Luciana P. disse...

Seja no inverno ou no verão, o importante é o amor, ou pelo menos, buscá-lo bem próximo, aliando coração e clima, em perfeita sintonia. Beijos de domingo - completamente tonta de sono...

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON, A POESIA SEMPRE SE RENUVARÁ... ESTEJAMOS ALEGRES OU TRISTES... DEPENDE TAMBÉM DE QUEM NOS LÊ... A NOSTALGIA FAZ PARTE DO SENTIMENTO HUMANO... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Graça disse...

Oi, Éverson!


Que delícia ler esse poema...

disseram que é nostálgico... pode ser, mas que está uma beleza só disso eu não tenho dúvidas!

Parabéns!
Renascer a poesia: essa é a chave!
Bjss no seu coração.

REGGINA MOON disse...

Everson,

Linda postagem, como sempre!!!

Passando para desejar-te um ótima semana...Grata pela visita, fico muito feliz!

Volto depois do Carnaval, vou descansar um pouquinho...rs

Grande beijo!

Reggina Moon

Juliana Dias disse...

Sempre nos emocionando!!

valvesta disse...

POIS, A BOCA FALA DO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÃO: AMOR!
XERO

Angela Reis (Luna) disse...

Belíssimo poema!!

Amei tdo aqui, senti-me abraçada. Obrigada pelo beijo na alma =)

Jesus te abençõe!! =*

Angela Reis (Luna) disse...

Belíssimo poema!!

Amei tdo aqui, senti-me abraçada. Obrigada pelo beijo na alma =)

Jesus te abençõe!! =*

Anita "Menina Flor" disse...

Poema pequeno e terno, gostei demais. Bjs no coração e ótima semana.

Pérola disse...

Menino que poema lindo!!!
As beleza das palavras me comoveram,parabéns.
Adorei o seu blogue e estou te seguindo.
beijos.

Blue disse...

Poeta Mineiro.......... com um calor destes,
leio uma bela poesia opor onde reina o inverno!

Abraços

tossan disse...

Toda cidade vai cantar
E finalmente vai voltar
O tempo da paz os tempos atrás
O tempo da consideração
Quando era menos ambição
E o coração valia muito mais
Toda a cidade vai cantar
O cancioneiro popular de tempos atrás
Que já não se faz
E chega a me dar uma emoção
De contemplar a multidão
Cantando pelas ruas principais
Joga todo mal pra fora
Abre o peito e chora em paz
Que é bonito demais
Toda cidade cantando
Como nos antigos carnavais

Paulo Cesar Pinheiro

Abraço

Memória de Elefante disse...

"Como é quebrar os espinhos e deixar,
Nascer de novo a poesia e o sim,
Do que um dia foi amor em mim."


Gostei em especial desta parte do poema.
Que o "Sim" volte para preencher de versos ainda mais teu coração poeta.

Um beijo

 
Web Analytics