quarta-feira, 1 de julho de 2009

Esse Menino
Esse menino desde pequeno tinha sonhos,
Carregava na bagagem uma timidez,
Algo no seu interior avisava que o mundo não seria colorido,
Esse menino jamais teria coragem de expulsar o pássaro do seu ninho,
No Maximo deixar que seus sonhos com ele voassem,
Esse menino trocou a bola pela caneta e papel,
Trocou a timidez por um violão,
E um belo dia resolveu escrever em linhas extensas suas historias,
Não que isso fosse um dia interessar a alguém,
Mas pra se libertar, e junto desse pássaro ganhar asas e quem sabe o mundo,
Esse menino um dia pelas andanças encontrou o amor,
Eles conversaram e durante um bom tempo falaram o mesmo idioma,
Mas um dia o mundo ficou louco,
O amor se foi e esse menino se viu encantado pela solidão,
Seduzido pelas madrugadas frias,
Pelo olhar da lua,
Pelo som do silencio e por todos os mistérios do sentimento amor,
Um dia esse menino achou que poderia mudar o mundo,
Quando ele cresceu um pouco viu que não,
E quando ele mais velho ficou, percebeu que errou de novo,
Que poderia sim,
Então hoje esse menino vive prisioneiro desse desejo
Dessa imensa vontade de ser feliz
E quem sabe um dia no horizonte que no céu se estende
A paz venha encontrar com esse menino
Que mora sozinho em seu ninho
E faz da vida um eterno caminho
Que pra onde vai, esse menino não faz a menor idéia
Mas não para jamais de seguir em frente.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Esse post nasceu lendo e comentando a Paula Barros, por lá sempre muita reflexão, inspiração e muita sensibilidade no coração daquela menina, agradeço sempre sua amizade Paulinha,beijos.
Paula - www.pensamentosefotos.blogspot.com
________________
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

22 comentários:

Desnuda disse...

Meu querido...Fiquei emocionada....Tão lindo poema!

"...É preciso a chuva para florir/
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz."

(Tocando em Frente;Composição de Almir Sater e Renato Teixeira)

Linda noite, querido e talentoso amigo! Muitos beijos

Blue disse...

Olá amigo Poeta!

Voltando........

Linda poesia. Falando de buscar a felicidade, de nunca parar.

Sou fã da Andarilha.... também! E confesso: estes dias de ausência, me fizeram sentir saudades. Saudades de comentar as sempre lindas, belas e boas postagens aqui neste louco mundo virtual.

Obrigado amigo pela força.

Sim, sim... é amanhã!

Abraços

Ariana disse...

E esse menino cresceu... com as mesmas esperanças e emoções de outrora, porém com mais leveza e consciência para os dias futuros,.
E como disse ao Blue, seja sozinhos ou não, o importante é que estamos prontos para colorir todos os raios do arco-íris...
Beijos, poeta, boa quarta pra ti!

Blue disse...

E veja o que a tua companheira estrategista andou comentando no blog dela! Vocês são f..... (ops) fogo!
Coitados dos adversários, dos inimigos.
Ah, chamei-os de Generais sem exécito, que utilizam como arma, letras. formando palavras incentivadoras. Era isso!

Bandys disse...

Everson,
Voce pode não acreditar, mais hoje lendo voce fui pensando em Almir Sater e qual foi minha surpresa ao encontrar a Desnuda com um trechinho da musica..

"Ando devagar porque já tive pressa
e levo esse sorriso, porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei, eu nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs,
é preciso amor pra poder pulsar,
é preciso paz pra poder seguir,
e é preciso a chuva para florir.
Sinto que seguir a vida seja simplesmente conhecer a marcha, ir tocando em frente como um velho boiadeiro levando a boiada, eu vou tocando os dias pela longa estrada, eu vou, de estrada eu sou
Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs,
é preciso amor pra poder pulsar,
é preciso paz pra poder seguir,
é preciso a chuva para florir
Sinto que seguir a vida seja simplesmente conhecer a marcha, ir tocando em frente
Cada um de nós compõe a sua história, e cada ser em si carrega o dom de ser capaz,e ser feliz!!

Seja feliz, isso basta..

Beijos e uma quarta de felicidade.

Majoli disse...

Vim deixar meus beijos e desejar uma linda quarta pra ti meu querido.
Linda poesia meu querido.
Fique com Deus.

Mary Help disse...

Adoro "Esse Menino"! Obrigada por se lembrar de mim, vc é nota 10 como sempre.
Tenha uma bótima semaninha e um dia maravilhoso!
Mary Help!!!

Uma aprendiz disse...

Bom dia, meu novo amigo.

Sua presença no meu blog me enche de alegria.
Só Deus pode recompensar o carinho que você distribui.

Gostei do texto, mas discordo desse trecho que escreveu:

"Um dia esse menino achou que poderia mudar o mundo,
Quando ele cresceu um pouco viu que não,...."

Saibas que você ESTÁ MUDANDO MUNDO sim. O amor é capaz disso.
E você ama com maestria. Acredite.

bom ser sua amiga

beijo

Dora disse...

Lindo post. Ainda bem que o menino não se perdeu nos tempos idos e ainda preserva o mesmo coração ;)
Cheiro grande eum lindo dia pra você também.

Bandys disse...

Everson,
voce não precisa "saber" basta imaginar, é isso que os "meninos" fazem..

Imagine-se tocando mesmo que por hoje Almir Sater, e quem sabe assim voce não imagine tambem um mundo melhor..sorry.

Baccios

Nanda disse...

É lindo ler-te amigo...Eu mesma me ví neste post.
Bja vagabundos

Anônimo disse...

A vida é bela e as esperanças nunca devem acabar Assim como também não deve acabar O amor que existe dentro de nós. Um beijo carihoso maizinha,Evanir Meu eterno agradecimento p/orações. Veja postagem.

Barbara disse...

Pois voe, continue voando mas não se importe se pousar n'algum galho, não se importe se houver o momento de parar, de saciar-se de água ou comida - pois um pássaro canta, encanta mas sabe também pousar e observar.
Bacana suas escritas.

Cris disse...

A gente só pode ser feliz a partir da esperança de que isso aconteça, Everson....Essa música tem muito a ver com minha história e com seu texto tão lindo. Um beijo no seu coração.

carissa disse...

A felicidade sempre chega.

Uma boa quinta pra você.Tudo de bom!!

Marcia Rocha disse...

Oi amigo Everson estou com muitas saudades de você no meu cantinho, depois passa lá, a Sandrinha me deu essa semana uma nova lay, adorei a cor:) leva meu novissimo selo awards de presente e siga o ritmo da música com letra e tudo.

paula barros disse...

Querido, nem li, vi algo familiar e corri lá para baixo, e não é que me chamou de Paulinha rsrsr Acho que foi de menino para menina.

A imagem foi a mais sensual do seu blog, me deu vontade de deitar ao lado do violão, até tentei medir a cama.rsrsrs

Vou ler, vou ler....um sufoco hoje. beijo

Garota Misteriosa disse...

Lindo, poema.

Esse menino cresceu, mas por maior que ele seja, no fundinho, ser menino é o que faz ele levantar todos os dias e buscar esta felicidade, mas o mais engraçado é que felicidade acontece para nós quando desejamos ou fazemos alguém feliz.

Abraços e Obrigada pelas tuas visitas;)

paula barros disse...

Ai, ai...emocionante esse despertar. O menino que olha o homem, o homem que vê o menino, e caminham de mãos dadas. Tão jovem ainda, com uma vida pela frente, e nunca desistiu de seguir,e sonha, sonha muito.

Ele segue no mundo virtual escrevendo seus sonhos, suas linhas, tocando os corações reais de quem ler, de quem sonha, de quem quer ainda acreditar em dias melhores, acreditar nos seres humanos, no amor.

Continue sempre, sempre....

beijos na alma.

Garota Misteriosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beija-Flor disse...

Que fabuloso.
Fui lendo diversas postagens.
Uma emoção, principalment por ver que "Paula Barros" voa aqui.
"Semelhantes se atraem".
(obrigada pela visita).
Abraços

Helô Müller disse...

Uma bela noite, poeta !!
Beijos dorminhocos !
Helô

 
Web Analytics