quinta-feira, 23 de julho de 2009

Vidraça
Daquela vidraça eu olho a rua
Vejo toda a gente que passa
E em meus sonhos te vejo nua
Vejo o amor passar pela vida
Vejo uma avenida e uma rua sem saída
Vejo um muro escrito amor
Alguém deixou um recado pra outro alguém
Pra aliviar a saudade e a dor
Daquela vidraça eu vejo uma lua inteira no céu
Eu vejo pessoas correndo sem direção
E escrevo um poema num papel
Eu vejo o sol nascer radiante
Anunciando mais um dia um novo instante
Eu vejo a chuva que cai
Carros que correm desesperados
Eu vejo crianças e amigos
Andando abraçados
Daquela vidraça o mundo corre e a vida passa
Num canto qualquer eu deixo um sorriso sem graça
Eu sinto o vento que é o mesmo que toca os seus cabelos
Quando distraidamente sem me notar na janela você outro alguém abraça
Eu vejo a correria do mundo
Também um olhar que me encanta e penetra profundo
Vejo um casal se beijando e prometendo um futuro
Mesmo sem saber que esse é um caminho escuro
Eu vejo também o mar e um farol
Mas não avisto o meu porto seguro
Daquela vidraça eu vejo tudo que eu quiser
Eu vejo um homem esperando por uma mulher
Pra lhe prometer um paraíso qualquer
E que no final de tudo não é nada mais do que a sorte
De um insignificante instante qualquer
Eu vejo também o que eu não queria ver
Eu vejo a vida escorrendo nas mãos como a chuva na calçada
Eu vejo o tempo passando tão rápido
E eu não me importando com nada
Daquela vidraça que um dia embaçou
De onde você com os lábios desenhou
Contornos de amor e desamor
Da maldade que cerca a cidade
De quando no alto do infinito meu mundo desabou
E mesmo assim com tudo no chão
Ainda vejo da mesma vidraça pedaços do meu coração
Que ficaram espalhados e invisíveis à multidão
Tudo isso eu vejo daquela vidraça
E o que eu não vejo é porque por ali definitivamente não passa.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

17 comentários:

©tossan disse...

És um poeta do amor em lamento! Belíssimo poema com grande sentimento. Abraço

Nanda Assis disse...

e que esta vidraça nunca perca sua transparencia.

bjossss...

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Falar o que de um poema lindo, que você coloca todo seu sentimento no que escreve.
Abraços

Índia disse...

Adorei seu poema. Encontrei vc no Recanto das Letras.

Abracao.

Majoli disse...

De todas as poesias que aqui já li, essa foi a que me fez vir lágrimas aos olhos.

É como estar em meio à uma multidão e se sentir sozinho por não ter ali a pessoa que tanto queremos.

Beijos no coração...

Luciana P disse...

Da vidraça dá pra ver muita coisa, muitos sentimentos que são percebidos somente por que olha.

Adorei o seu comment no Afrodite, e olha, já melhorei do rosto, mas levei um susto, confesso.
Você não tem noção do tamanho da minha vaidade, hahahahaha.

Beijos, poeta, apesar do cinza, um belo dia pra você.

Secreta disse...

A vidraça dos sonhos , dos desejos , do amor ... :)

Mary Help disse...

Adorei a imagem, acho que vou copiá-la...lindaaaaaaaaaaaaaaaaa, vc como sempre com ótimo bom gosto. Bom dia pra vc e super beijo em seu coração transparente!!!

Blue disse...

Valeu pela força. Mas minha caneta esta secando. Lágrimas já não tenho muitas. E assim, lendo sempre teus belos poemas, acabo usando sempre algumas gotas a mais.

E no futebol também só tristeza.... que M......

Abraços e ótima quinta. Aqui, além de tudo, frio e chuva, umidade pra dar e vender!

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

Everson, q poema é esse???como diz o guri da novela,to rosa chiclete!!!
meu amigo, vc me emocionou profundamente, sabe, eu por muitos séculos,kkk,sou exagerada mesmo, me senti assim, alheia a muita coisa, apenas olhando da minha janela a vida passar, olhava cada movimento,cada ser q passava, seu cotidiano e pensava exatamente o q vc descreveu,o q será q passa na cabeça de cada pessoina dessa??seus amores, suas vidas, seus problemas....e a janela sempre la,comigo...mesmo eu tendo alguem, tem momentos q me sinto exatamente assim...
lindo demais,parabéns!!
olha,hj terei q arrumar a monografia,terminei mas falta uns ajustes,valia 100, mas eu noa entreguei um sub tema no mes passado e perdi 1 ponto, agora vale 90, a banca será em novembro, entao,terei q hj,caprichar no final,reler tudo para levar segunda feira, e como mudo amanha ficarei 3 dias sem net, ai como sofro sem net!!o profe ta sem pq cancelou,e vai se mudar tb...novidades,depois te conto!!!
bj na sua alma linda linda linda!!
dorooo vc,visse???um xeruuu arretaduuu da alagoana aqui!!!

Anônimo disse...

Defenda, participe, integre-se à luta pacífica pela Justiça, Paz e Amor.
Um mundo justo é pacífico, onde a fé em Deus possa ser acima de tudo.
Meu filho que primor de poesia ,mais creio conhecer bem você imagino que os pedaços mais quebrado nesse momento é do seu coração infinitamente lindo.Uma tarde de paz meu anjo lindo maizinha ,Evanir.

Bandys disse...

Everson.

Lindo poema, é melhor ver da vidraça ou detras de grades?? às vezes estamos presos a preconceitos ,conceitos, passados estigmas que vemos tudo assim.
Sei que não é seu caso mais conheço pessoas assim..uma pena !!
Vivem a vida dos outros e não vivem a dela, que triste!
Eu gosto de sentir tudo, por isso sem anestesias...Acho que viageim kkk, mas sou assim mesmo, uma palhaça no meio de gente seria, kk

Beijos e um final de tarde cheio de paz!!

Princesa disse...

" Viva de maneira que sua presença não seja notada, mas que sua ausência seja sentida ".

um beijo

A Caixa de Pandora! disse...

MINHA VIDRAÇA EMBAÇADA VEJO O AMOR QUE UM DIA EU TIVE INDO EMBORA, TENTO LIMPAR...PARA DAR UM ÚLTIMO ADEUS....MAS NÃO CONSIGO...MINHAS MÃOS TRÊMULAS...NÃO CONSEGUEM DAR O ÚLTIMO ADEUS DO AMOR QUE UM DIA FOI MEU"

ESTE É UM DOS MAIS LINDOS E INSPIRADORES QUE VC JÁ FEZ

SIMPLESMENTE BELISSIMO

paula barros disse...

Abro a janela do computador e me deparo com o poeta do amor.
Falando de esperaça ou de dor.
Sempre com força canta o amor.

Abro a janela da alma.
Deixo entrar o belo poema
Que escorre macio pelos olhos
Tocando o coração
Que imaginei dedilhado no seu violão.

Seus poemas são lindo, são emocionantes, imagino sempre uma , e muitas vezes escuto a música.

beijos no seu coração. Estou torcendo pelo seu irmão, vai dá certo.

Mah disse...

Incrivelmente encantador.
Parabéns.

Beijos.

**£ú® disse...

"Eu vejo a vida escorrendo nas mãos como a chuva na calçada..."...às vezes me sinto assim... bom fim de semana prá vc... bj

 
Web Analytics