quarta-feira, 22 de julho de 2009

Paisagem Opaca
Da janela eu entregava meu olhar à sorte
A chuva fina se transformou em tempestade
E no peito eu não sentia a cicatriz e sim um corte
Pessoas correm apressadas e molhadas
No caminho não se viam carinhos nem afagos
Todas as almas permaneciam distantes e caladas
Aquilo nem era inverno e muito menos emoção
Eu rabiscava num caderno toda sua ingratidão
Que tocava longe um sino que ressoava no coração
Saudade dor e medo
Raio relâmpago e trovão
Eu queria o seu segredo dentro do meu coração
Eu não via a possibilidade da tempestade passar
Pelos tons dessa cidade dos reflexos no mar
Encontrava um canto triste onde eu pudesse chorar
Descobri que no infinito ecoava o meu grito
Que mesmo distante da lua eu sentia ele aflito
E que o vento traga as folhas num instante de agito
Eu tocava bem baixinho acordes no meu violão
E procurava um verso perfeito só pra não perder a razão
Que do mundo a mais valiosa lagrima era da sua emoção
Versos e universos
Perdidos num piscar
Onde está o meu amor? Onde você foi morar?
Quero que traga de longe
Tudo que ficou guardado
Como um beijo no envelope que pelo amor foi selado
Vem depressa pra mim que eu não sei esperar
Não consigo viver com a sua ausência
Sem seu corpo a me abraçar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

18 comentários:

Layara disse...

O vento traga as folhas num instante de agito. Perfeito!
O vento nas madrugadas traga,sorve,absorve nossos sentimentos. A tempestade na madrugada desperta com gotas em nosso telhado sentimentos que imprimimos nesse livro chamado Vida.

Belas Letras, de muita emoção.

Um beijo Lilás!

Majoli disse...

"Não consigo viver com a sua ausência
Sem seu corpo a me abraçar"

Entendo perfeitamente isso meu amigo, vivo isso dia após dia.

Que os bons ventos nos traga um pouco de paz...
Beijos doces no seu coração.
Tenha uma boa quarta-ferira.

Tereza Freire disse...

Priminho, adorei essa "Paisagem Opaca". Acho que me identifiquei com ela. Beijos e boa quarta pra você!

Princesa disse...

Adorei
Eu, menina sonhava
em crescer e ser
feliz.
Que tola eu era
A felicidade estava
ali.
Um Beijo

seu gordo disse...

ta inpirado!! abraçon saude e paz...

Nany C. disse...

Beijos meu amigo, no teu coração!

e agradeço sempre por suas visitas!!

um ótimo dia,Everson!!

BA BOCAGE disse...

Parabéns...
Um abraço,

BaBocage

Anônimo disse...

SENHOR DEUS.
ILUMINE NOSSOS CORAÇÕES PARA QUE
SEMPRE ESPALHEMOS A PAZ E O AMOR AO NOSSO REDOR !
Deus abençõe seu dia muitos carinhos para você.
Beijos maiinha ,Evanir.

Daiane Alcantara disse...

você escreve MUITISSISSIMO beem! Quando eu crescer quero ser como você!
obrigada por dividir seu DOM, conosco ;)!
beijos mil #

Bandys disse...

Everson,

Ontem eu não consegui voltar.. a gripe me pegou mesmo!! Mas se tu acha eu concordo. Não tô em condições de discordar de nada só da sua poesia, hahahaha

Em todo caminho se ve carinho e afagos...acredite!!

Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco
Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver

Toda pedra no caminho
Você deve retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver



E deu o rei de novo ta vendo??..depois vc diz que implico, mas não é implicancia é imterpretação da sua poesia com atenção. Rss ainda bem que voce deixa.

beijos e um final de quarta com muita luz!!

Desnuda disse...

Boa tarde querido amigo! Lindo poema, como de hábito.


Beijos, Everson!

Mary Help disse...

Linda paisagem, poema e tudo que vc aqui, coloca. Venho desejar uma ótima noite e uma semaninha cheia de alegria. Com carinho um super bjux no seu coração, Mary Help!!!

Carissa disse...

Tava super inspirado.
Poema lindo e a imagem também é muito bonita.
bjs!!

Ariana disse...

Ah, os sentimentos...
Tao bem aflorados nesses versos, sao versos escritos com a alma, aqueles em que se percebe que a verdade fala por si.

Beijos, poeta, bons sonhos pra ti.
Estou pessima, com alergia a um produto que passei no rosto. Tomando antialergico e o rosto inchado, hahahahaha...
Que final de ferias, meu Deus...

Conceição Duarte disse...

"um beijo no envelope que pelo amor foi selado..." que coisa mais linda, meu amigo querido! Muito muito lindo seu poema. TUdo que escreve é muito bonito.

Tenha uma ótima noite e obrigada por todo seu carinhos comigo

bjks

CON
ON
N

Blue disse...

Saude, dor e medo em noite de relâmpagos, trovões e chuva.
Assim estou eu, sem vontade de escrever.

Abraços amigo Poeta Mineiro!

paula barros disse...

Querido, como está o seu irmão? Por aqui é mais fácil perguntar, ontem ia enviar um e-mail e terminei não fazendo.

Fiquei observando e sentindo o seu poema, o amor que chama, o querer intenso, e os acordes do violão que vão embalando os versos, o amor, o coração e até as lágrimas.

Espero que esteja tudo bem.
beijos na alma.

Deusa Odoyá disse...

Olá meu doce amigo e poeta.
Que lindo esse seu clamor de paixão.
muito linda sua poesia.
Amei...
que os anjos possam sempre dizer amém aos seus desejos.
Uma semana de bençãos e paz.
Beijinhos doces, meu lindo amigo.
Regina Coeli.
Obrigado por suas visitas ao meu cantinho, espero que gostes.
Fique na paz.
Regina Coeli.

 
Web Analytics