quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Elas
Na varanda da imensa manhã
Elas se viam nuas em sonhos
Seus corpos pedindo abrigo
Seus desejos estampados na pele
Arrepios e convites ao prazer
Ansiedade de amor do viver
Lá fora a distancia
A paisagem cinza convidava ao abraço
As caricias dos dias de frio
Enquanto no peito o compasso
De dois corações em arrepio
Não fizeram mistérios ao mundo
Não fecharam as janelas ao amor
Num apertado abraço e um suspiro profundo
Entregaram-se ao prazer
Aliviando toda a dor
Elas são duas em uma
É o sol em noite de luar
É a lua buscando calor
No reflexo de estrelas no mar
E dois corpos misturando o sabor.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

42 comentários:

Lidi Dias disse...

Uau!!
Seus textos sempre intensos!!
Parabéns !!
Beijos na sua Alma

Guará Matos disse...

Hum.... Na varanda, lindo.
Abraços.

Guará Matos disse...

Hum na varanda!
Que lindo.
Abraços.

Anônimo disse...

Bom Dia Meu filho.
Hoje etava inspirado que maravilha !!.
Eu postei antes de voce a imagem do blog ficou feia demais como so sei mexer no zip ,net não sabia como mudar .O impotate é o conteudo concorda?
Uma linda madruga beijos da maizinha,Evanir.
http://aviagem1.blogspot.com/

M@ria disse...

Quando te falo e sei que me ouves
sinto como se minha voz voltasse
como um eco através dos horizontes
e apenas por isso
já sou feliz.

Lou Witt

Beijos e carinhos meus......M@ria

Whispers disse...

Querido Amigo,

Quem nao tem dois lados?


Mas nunca andas nu de poesia,aqui se le e se embriaga com os poemas mais belos que uma alma poeta pode fazer.
Parabens,menino tua poesia vai distancias.
Mil beijos
Rachel

Si Fernandes disse...

Olá...
bom ler suas várias formas.
Beijos

Daniel Costa disse...

Everson

Com uma carga de intensão bastante intensa, o poema presta-sa a mais de que um intrepertação, qualquer um com um manto de grande intensidade. Se nos dás direito a fazer uma avaliação muito pessoal do conteúdo belisssimo poema.
Abraço fraterno

Riff disse...

Lindo poeta....

" Elas são duas em uma " Sua inspiração veio de longe...kkk Quase percebi uma fusão de Borboletas no ar...Anda muito abusado hem? Imaginação fértil de poeta mineirinho que vive a sonhar com os sonhos alheios. Faltou apenas um zangão no meio das duas. Sabia que a abelha depois q. transa com o zangão ela "literalmente come ele?" kkk

Quer ser nosso zangão de barba??? Brincadeirinha, ameiiiii a poesia. Show. Bjitos da abelha rainha e loira e má...Vixe me lembrei da musica da Maria Betania...

Ó abelha rainha
Faz de mim
Um instrumento
Do seu prazer....

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Tenha uma linda quarta, apesar do calor.
abração

Pena disse...

Ímpar poeta amigo do amor:
Um poema do seu sentir direccionado às suas musas com beleza e pureza poéticas.
Sublime, porque é seu.
Elas irão adorar.
Bem-Haja, pela visita ao meu blogue que apreciei.
Mais um versejar extraordinrio.
Abraço amigo de respeito pelo que "cria".
Sempre a admirá-lo

pena

MUITO OBRIGADO pelas suas manifestações de amabilidade para comigo. Fico-lhe grato, fabuloso que é.
Bem-Haja, precioso e notável poeta das musas e do amor.

Secreta disse...

...Elas são duas em uma...
Fabuloso :)

Flor da Vida disse...

Hummm... Minha imaginação voou nessa sua fértil inspiração... Muito lindo!!! Carinhos... Bjsss

IT disse...

O poeta provocou plenitude a Elas.

Saciadas estão!

Beijão ♥

Natália Rocha disse...

Que poema intenso,rico e sensível como tudo por aqui.

Suas palavras encantam=*

Beijos meus*
Uma ótima semana pra ti

Fátima disse...

Meu querido poeta e amigo....

Com o amor nem o diabo pode não é mesmo,rs...seja ele como for,vivido ou sonhado...esperado e procurado ou simplesmente chegando...como um SUSTO.
Linda essa fusaõ do sol em noite enluarada,dá um lindo samba ou quem sabe até uma classica sinfonia com pássaros cantando e lindas borboletas rodopiando...

Zangão barbudo é...se cuida pra não virar anabolisante de abelha rainha,rs...

Beijo no coração.

Assis Freitas disse...

e elas se fizeram,


abraço

Malu disse...

Poeta querido ,


E a ugência se fez tão poeticamente em suas palavras ...


BjO e um Dia De Alegrias.

Vivian disse...

Bom dia,Everson!

Várias formas de amar...várias formas de poesia!

Beijos!
Bom dia!

AC disse...

Lindo, Everson!

Abraço

Lívia Azzi disse...

Hum... Sua poesia hoje me lembrou de um filme "Segredos Íntimos" com a Fanny Ardant e Ania Bukstein, já assistiu??

Beijos...

Vinicius.C disse...

Ah a varanda...
que encanta como folhas de outono, que traduz tão bem um abandono- um começo, um primeiro beijo, um toque de talvez!

Um frio cuidadoso, um breve sussurrar do vento imolizando vontades e pensamento.

Muito bom!.. Adorei amigo Poeta!

Um exelente dia!

Forte abraço!

Bandys disse...

Aliviando toda a dor
Elas são duas em uma
É o sol em noite de luar
É a lua buscando calor
No reflexo de estrelas no mar
E dois corpos misturando o sabor


Quase melhor que o Renato, hahahaha.
Também quero chegar aquele nivel de amor...

Voce faz parte do meu show!!!

Te beijo menino.

Mariz disse...

Outras formas de amar.

Grande beijo querido poeta e um dia simplesmente lindo como vc!

Adolfo Payés disse...

Me sorprendo siempre con esa calidad tan bella de tus poemas amigo.. poeta..




Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos de siempre..

Desnuda disse...

Querido amigo,

Um poema belíssimo e feito com muita sensibilidade.


Carinhoso beijo e lindo dia querido amigo.

Professora Carla Fernanda disse...

Bom dia Everson!!! Mais que mistura mais sagrada a sua viu .... UAU!
Beijos!!!
Carla Fernanda

Lidia Ferreira disse...

(aplausos)
Meu querido,que bela entrega , que belo amor
bjs

Maria Soledade disse...

Olá Everson; O seu poema dá "direito" a mais que uma interpretação mas eu prefiro ficar-me pela ausência do amor sentida numa noite de verão onde dois corpos nus conseguem romper a carência de afectos.

Beijinhos e uma boa semana

***Obrigada pelas tuas visitas...

Regina Rozenbaum disse...

E vamos vivendo... de que forma for... preferencialmente amando!
Beijuuss n.c.

Machado de Carlos disse...

Uma vida é bela! Imagine duas ou três vidas! Uma junção completa.
Belas.
Uma abraço!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Lindo amigo, principalmente o trecho abaixo:

Lá fora a distancia
A paisagem cinza convidava ao abraço
As caricias dos dias de frio
Enquanto no peito o compasso
De dois corações em arrepio

Abraços e boa noite pra ti.

Furtado.

Rute disse...

Duas em uma!Que lindo amigo, gostei da linda poesia
Beijoooss

sonho disse...

Dois corpos unidos...misturando o sabor desejado e unico...:)
Beijo d'anjo

C@urosa disse...

Olá querido amigo poeta Everson Russo, um belo e sensível poema e como sempre imagens fotográficas magníficas e sensuais.

forte abraço

C@urosa

Rosane Marega disse...

Eita dificuldade...
Beijossssss

Zil Mar disse...

Oi Poeta...

Hoje a poesia se vestiu de outra forma de amor...mas o que importa é AMAR!!!!!!


bjos Everson!


Zil

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Meu amigo,fala e "brinca" com o amor e a poesia comn levezA. Um abraço,caro poeta.

Suely - HD disse...

Olá amado Poeta!!
Boa noite!

Obrigada pela visita e comentário. AMO MTOOOO.

beijos e beijos
Su

Amapola disse...

Boa tarde, querido amigo poeta.

Na varanda ou na cama... O importante é ser feliz. É não ter medo de amar. É ter coragem para enfrentar os hipócritas, até que eles reconheçam a liberdade de cada um.

Um grande abraço.

Néia disse...

Oi POETA...
Alguém já cantou que toda forma de amor vale a pena, vale amar...
Concordo em núnero, gênero e grau.
Uma poesia excitante que nos faz pensar de como é bom amar, na varanda ou em qualquer lugar.
beijos Néia

Suely - HD disse...

olá meu querido!!

Obrigada pelo carinho!!!

Obrigada pelos comentários.

mil beijos
Suely

 
Web Analytics