quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Envolta Em Branca Solidão
A manhã chegou
Não trouxe novidades
Daquela lágrima que rolou
Ficaram as saudades
O branco da cama
Na verdade de quem ama
Na solidão que lhe acompanha
Vento frio que apaga a chama
Medo do futuro
De uma incerteza qualquer
Dos seus sonhos de menina
Em seus desejos de mulher
Hoje canta sozinha a canção
Que um dia lhe fizeram
Dessa louca solidão
Onde estão as flores que um dia lhe trouxeram?

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

46 comentários:

Daniel Costa disse...

Eversão

A solidáo poderá chegar a qualquer hora. Pode ser uma introspeção para retomar velhos caminhos belos de outrora.
Abraço fraterno

Magia da Inês disse...

Muito lindo!
Boa-quarta feira!
Beijos.
°º
•*• ♫° ·.

marcinha disse...

Bom Dia Poeta!

que poema maravilhoso...querido seu proximo livro deveria ser de coletaneas dos poemas menina ,são os teus mais lindos! eu acho rs!
parabéns querido por mais esse esmero, e obrigada pela tua amizade ! beijos de quarta rs!

Secreta disse...

As flores morrem , é certo, mas o perfume delas continua pelo ar...
Beijito.

Rute disse...

Boa Pergunta:
Onde estão as flores que um dia lhe trouxeram?

Lindo texto querido amigo,como sempre vc tem uma semsibilidade para o amor incrivel.
Beijos ótimo dia a vc.

Blue disse...

Pois não é que esta manhã chegou,
e vejo que teu time mais uma vez ganhou!

Parabéns.

Abraços

SAM disse...

Bom dia querido Poeta!


Deixo um beijo carinhoso desejando-lhe um ótimo dia. O poema é lindo!

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

Ah!...Que dor...triste...
Mas teus versos são sempre belos!!!
Só hoje, se não cuido a tristeza me pega...

Beijos, amigo!!

Assis Freitas disse...

manto alvo,


abraço

Annie disse...

..e quem pode sentir-se só com tantas lembranças ecoando em sua mente?

A solidão sempre nos vem bem acompanhada ....

beijoos doce poeta, um dia produtivo e de alegrias pra tí.

ღPat.ღ disse...

A solidão sempre presente, mas cheio de amigos para te acompanhar...

Que seu dia seja lindo!
beijos.

Guará Matos disse...

A solidão é nossa companheira inseparável, pode acreditar que sim.

Abraços.

M. disse...

Lindo.

Do medo se faz a coragem.

Tiago Furtado disse...

Um bom dia para ti tambem amigo, vai mantendo contacto, abraços ^^

Arroba disse...

Ainda conservo em mim as flores secas...
Abraço aqui deste lado do oceano.
Gostei particularmente desta sua poesia :)

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Só o poeta sabe fazer da dor, coisas lindas em poesia. A dor, virando amor. Essa transição eu acho incrível, como se fosse, uma revanche do poeta. Eu sofro, mas faço disso uma poesia, vou à forra, como se fosse uma forma, única forma de tirar algo bom da dor. Até me pergunto. Existe poeta que não sofre? Acho que não. Alguma solidão ele sente, alguma lembrança ele tem ,alguma revolta ele tem, alguma coisa o incomoda. E ele faz disso, sua meta, em poesias.
////
Sobre Cruzeirão Exportação, a vitória contra Estudiantes repercutiu na europa inteira. E de ontem, foi muito destacada nos
jornais argeninos e paraguaios. Vamos nessa. Um abraço

Anônimo disse...

Querido filho..
Seu poema esta lindo ...
A solidão de alguma forma faz parte dos nossos dias ..
Amado viu que lindo a Marcinha deixou a Viagem?
Conta pra mim vc recebeu o livro de ouro?
Uma linda manhã beijos carinhos da maizinha,Evanir.
http://aviagem1.blogspot.com/

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
As vezes não sobra nada de uma relação, nem a flores.
Agora é só acima de 4 rsrsrsrs
Abração

Ju Fuzetto disse...

Bom dia meu amigo!!!!!
bom restinho de semana!

beijo

R. R. Barcellos disse...

- Flores não morrem. Elas se evaporam em perfumes. E enquanto a haste seca e a corola murcha, o perfume se espalha pelo mundo...
- Abraços.

Sonhadora disse...

Meu querido

Muito sensível este poema...fala tanto do que sinto...as flores de tanto vazio acabam por morrer...e aí vem a solidão.


Beijinho com carinho
Sonhadora

Amapola disse...

Nossa...
Onde estão as rosas???
Estão dentro do meu coração.

Um grande abraço, querido amigo poeta.

Adolfo Payés disse...

Me gusta la fuerza que tienen tus versos, de pasión encienden los suspiros.... Excelente

Un abrazo
Saludos fraternos...

Natália Rocha disse...

Restam as lembranças!
As boas,os momentos felizes!

Lindo!

Beijos*

Bandys disse...

As flores foram roubadas...

Também o céu às vezes desmorona
E as estrelas caem sobre a terra
mas vou catnto uma a uma pra enfeitar o meu céu.

Aqui choveu tambem,mas hoje calor e calor.

Sabia que eu adoro tomar banho de chuva??
Mas só quando vou praí que da, aqui não

Beijos e que sua tarde seja cheia de paz.

R.B.Côvo disse...

Gostei. Abraço.

Contos da Joii disse...

Solidão é nossa maior companhia. Vão-se as flores, ficam os perfumes. Nem o tempo, nem o esquecimento, nem outro amor pode apagar das pessoas nossas "digitais" qndo as tocamos profundamente. Beijos da Joii poeta.

Pena disse...

Sublime e Notável Amigo Poeta:
Um poema que retracta uma solidão com perfeição, pureza e beleza imensas.
Uma "explosão" do seu gigantesco talento.
É simplesmmente, genial no que faz e faz com apurado sentido de excelência poética divinal e perfeita.
Parabéns.
Mais um poema fantástico.
Abraço amigo de honra, pela sua preciosa amizade.
Abraço de um respeito, estima e consideração gigantescos pelo seu génio admirável no que constrói de forma perfeita e majestosa.

pena

Bem-Haja, exímio poeta.
É mágico na beleza do que confecciona com génio sensível e perfeito.
Elas adorarão.
Bem-Haja!
Adorei.

Memória de Elefante disse...

Esta parede aérea, vidro de circunstâncias que a gente inventa e desfaz.
Cavalgando mares impossíveis a solidão é um campo muito vasto
que não se deve atravessar a sós.


Um beijo!

Graça Pereira disse...

Muitas vezes, depois das flores, chega a solidão e escondem-se lágrimas entre as pétalas já secas...
Beijo
Graça

C@urosa disse...

Pois é, meu caro e sensível amigo poeta Everson Russo, e na solidão, os mais belo pensamentos e imagens, parabéns.

forte abraço

C@urosa

Zil Mar disse...

Oi Poeta...

Toda beleza que existe vc coloca nas suas palavras...e mesmo que seja num tom de tristeza...elas se tornam fortes...precisas...dão o toque real do sentimento.

Meu bjo de profunda admiração querido Poeta!

Zil

Néia disse...

Oi Poeta...
O simples amanhecer já é uma grande novidade, pelo menos para nós ,que podemos nos deliciar com suas poesias.Linda poesia como todas que vc cria.
beijos Néias

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Everson! passando rapidamente para apreciar mais uma das tuas belas criações, pois estou sem Net.

Abraços,

Furtado.

Machado de Carlos disse...

Quanta inspiração para os sonhos da menina! Grandes palavras, uma bela inspiração. Parabéns Grande Poeta!
Um Abraço!

Aleatoriamente disse...

Amigo,
passando para te deixar um beijo.
Intenso poema.

Beijo.
Fernanda

petrolin50 disse...

Dobrý den,krásný blog.Obrázky jsou podmanivé,plné citu.Opravdu se mně moc líbí.Pozdrav z Czech republic od Petr.

Lau Milesi disse...

Muito lindo seu poema, poeta amigo.

Um beijo e boa quinta-feira.

Juci Barros disse...

Quem entende de receber flores tem um jardim na alma.

Beijos.

Ira disse...

Oi, meu amigo!Amei o poema, poeta!As vezes depois de uma grande paixão, só nos resta as lembranças e uma eterna saudade.Bjs e ótima semana!

http://aoprojetosemear.blogspot.com/

Danielle Macena disse...

muito bom
passa la no meu depois
http://segredosdedanielle.blogspot.com/

Lívia Azzi disse...

"Medo do futuro
De uma incerteza qualquer
Dos seus sonhos de menina
Em seus desejos de mulher"

Tão doce e suavimente picante, Everson!

Beijos e carinhos!!

;-)

*Mi§§ §impatia* disse...

Lindo mas triste....
Ah eu queria tanto minhas flores de volta.....snif......
Beijos querido.

*Mi§§ §impatia* disse...

Lindo mas triste....
Ah eu queria tanto minhas flores de volta.....snif......
Beijos querido.

Mariz disse...

Boa noite meu querido poeta,

Hj teu poetar fala de solidão, as veses necessária outras envolta em saudade...como sempre tuas palavras vêm da alma.

beijos!

Dayse Sene disse...

As flores que um dia lhe trouxeram, estão agora apenas nas lembranças, pois já murcharam, com a falta do amor.
Um ótimo domingo meu querido
Abraços e afagos, sempre.

 
Web Analytics