sábado, 3 de dezembro de 2011

A Última Página do Livro
Acordei e ainda era madrugada
Na verdade eu não dormi
Apenas desliguei da estrada
Olhava a lua da janela
Encoberta por nuvens
E o quanto era bela e sedutora
Aquela visão sem fim
Meio sonolento peguei uma cadeira
Sentei-me bem perto da janela
E prometi a mim mesmo
Hoje escrevo a última pagina
Somente para ela
Dediquei versos e sonhos
De um planeta chamado amor
Falei de todas as cores
E da intensidade da minha dor
Falei de solidão
Das notas perdidas da minha canção
Olhei uma rosa sobre a cama
Parecia a menina que ali morou
Que por muito tempo disse que me ama
Mas por algum motivo me deixou
Se as paredes tem ouvidos eu não sei
Eu só sei que sonhei
E nesse sonho sem fim eu chorei
Lágrimas caíram naquela poesia do fim
Como se fossem chuvas
Que transpusessem a vidraça
E molhassem tudo dentro de mim
Eu falei do sol da madrugada
E da lua do meio-dia
Dos seios da minha amada
E de como seu corpo se arrepia
Escrevia tudo como criança
Que encontrava um brinquedo
Com a ansiedade que você
Lesse tudo e entendesse
Todo esse meu segredo
Rabisquei algumas linhas
Que deixei sem sentido
Na poesia do instante
Talvez eu também não quisesse
Ser totalmente entendido
Assinei e por fim parti
Deixando minha ilusão
Despedaçada nessa estrada
Onde morou meu coração
Eu já não me importo
Eu sei que sobrevivo
A ter que escrever a última página do livro.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias:
Adquira no email: evr.russo@uol.com.br

39 comentários:

LUZ disse...

Bom dia Everson,

Adorei ler a última página do livro.
Tanto, que você nos tem para contar, hoje.
Amou e depois ela o deixou? Que importa, se já viveu esses momentos, eles já são seus.

Bom fim de semana.

Beijos de luz.

Machado de Carlos disse...

As notas da canção se misturam as cores dos sonhos indeléveis. Chega-se à virada da última página. Parece que chegou a um fim insondável. Pode-se observar distancia, pela janela, na madrugada interminável.

Desnuda disse...

Querido Poeta,


Outras páginas em branco esperam os belos versos do poeta num belo livro de amor e poesia.

Beijos com carinho e bom fim de semana

Tais disse...

Ée amigo é inevitável,uma hora chegamos a ultima pagina do livro!
Bjos e fim de semana lindo!
decorehouse

sandrafofinha disse...

oi oi everson vi desejar um super fim-de-semana para ti com tudo de bom!! mil beijinhos fofinhos,fica bem e diverte-te bastante!!

Luís Coelho disse...

Será a última página ou a primeira de muitas que ainda haverá de escrever ?

Voar nas asas de um poema nos informa e nos liberta do amor - desilusão.

M@ria & M@ria disse...

Bom Fds e o meu carinho...M@ria

Pena disse...

Consagrado e Brilhante Poeta Amigo:
Como pode "abandonar" os seus versos extraordinários e majestosos, diga-me?
Não! Não é possível. São demasiado puros e belos do seu sentir extraordinário e gigantesco.
Mais um poetizar a vida. O Mundo. Excelente sentir!
Bem-Haja, pelo seu talento sublime e perfeito.
Que diriam elas? Suas fãs do primeiro ao último verso. É Fabuloso.
Abraço amigo de respeito e sempre a admirá-lo.


pena

Bandys disse...

Everson,

Sem palavras!!

Nesses anos em que frequento seu livro "acho" que foi o que mais me tocou!! Lindo demaixxxxxx.

Tirando claro os que gentilmente vc fez pra mim esse foi o que mais me emocionou.

Parabéns!
Bom final de semana e beijos

Nunca deixe ser a ultima

Marcia disse...

Meu querido poeta invetavél que haja dor em uma despedida,mas também a o começo . um beijo lindo poema!

Simone butterfly disse...

oi poeta, que possam vim cada dia novas páginas de esperança e amor em sua vida, que nunca possa ter a última página, está chegando o ano de 2012 e que possamos caminhar sempre juntos, meu amigo querido! beijos

lita duarte disse...

Quero ler mais desse livro!:)

Bom dia, Eversom.

Bjos.

Regina Rozenbaum disse...

Nem tenho dúvidas que sobreviverá...e quem viver verá!
Beijuuss, poeta amado, n.a. e um fds lindo procê!

R. R. Barcellos disse...

Após a última página de um livro, vem a primeira de outro...
Abraços.

edumanes disse...

Obrigado venho dizer
E também bom sábado desejar
Depois de este lindo poema ler
E perceber como o devo comentar!

Já sei, à última página cheguei
Agora a estou a virar
Meu sonho realizei
Mas, fazendo verso vou continuar!

Parabéns amigo Everson, pelos seus lindos poemas.
Um abraço
Eduardo.

MARILENE disse...

A última página de um livro nem sempre significa o fim da narrativa. Ela reinicia em outro, com muito espaço para palavras e sentimentos.

Bjs.

Sonhadora disse...

Meu querido

Fica sempre uma folha do livro da vida esperando o derramar da ilusão.

Deixo um beijinho e desejo-te um bom fim de semana.

Sonhadora

Dja disse...

Oie querido.

Todos os dias Deus nos dá uma pagina em branco pra recomeçarmos novas historias, se acabam livros e novos recomeçam

Beijos e meu carinho, ótimo fim de sábado.

ॐ Shirley ॐ disse...

Que dor bonita...Amigo, desejo-lhe um domingo cheio de amor, de melodias e de sol. Beijão no coração, èverson!

ZilMar disse...

nem tudo é tão triste como parece ser...

nem sempre o fim é ruim...pode ser a oportunidade para um grande
começo...

como disse Manoel de Barros:

"Lugar sem comportamento é o coração."

bjo Poeta...

Zil

Evanir disse...

Mais tarde da uma olhada no meu blog.
Deus abençoe seu final se semana beijos da mãezinha.
Evanir

ONG ALERTA disse...

Muitas páginas viráo para serem escritas...beijo Lisette.

Tais disse...

Para vc tb amigo...
Bjos.
decorehouse

Anne Lieri disse...

Everson,para um poeta como vc será dificil escrever a ultima página do livro!...rss..vc sempre terá muitas poesias a dizer!Lindo demais seu poema e sempre me vem uma musica quando te leio,é incrivel!bjs,

Anne Lieri disse...

PS....tem uma poesia sua lá no Recanto dos atores hoje!bjs,

Flor de Jasmim disse...

A última é assustador!!!
prefiro pensar que é a primeira de muitas que virão a seguir.
Lindo como sempre meu amigo.
beijo e uma flor

Vera Lúcia disse...

Olá poeta,
Um livro termina e outro se inicia, com muitas páginas em branco para se escrever uma nova história de amor.
Tenha um ótimo final de semana!
Bjs.

Jacque disse...

Lindo Poema e música ! Bom Fim de Semana !


Beijo

Rute disse...

Logo virá outras páginas para serem escritas.
Beijos meu querido amigo

Luma Rosa disse...

A última página sempre será pausa para a introspecção ou "balanço", mas no fundo sempre existi a possibilidade da escrita de novas páginas. Bom fim de semana!! Beijus,

Carla Fernanda disse...

LI uma vez que a desilusão é a visita da verdade Everson...de dia, noite ou madrugada.

Beijos!

★★ GIZA ★★ disse...

Boa Noite meu querido vim aqui no seu maravilhoso cantinho me desculpar por meu sumiço, infelizmente não tenho mais tempo de passar blogs como antes, porém o Amor Imortal está fazendo 1 aninho e não podia deixar de vir aqui te agradecer por tudo e te convidar para a promoção que fiz especialmente para amigos tão especiais como você: http://amorimortall.blogspot.com/2011/12/mega-promocao-de-aniversario-de-1-ano.html
Participe.
beijos

Maria disse...

Amigo poeta uma partida trás sempre dor e tristeza é uma página da vida que termina, mas o próximo amanhecer será um novo começo e outras páginas em branco estarão à espera de serem escritas.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Assis Freitas disse...

survive, survive



abraço

。♥ Smareis ♥。 disse...

Lindo demais esses versos . Eu creio que não existe a ultima pagina. Existe uma interrupção pra continuar escrever sempre uma nova página. Beijos grande amigo poeta, ótima noite. Tem atualização amanhã. Bjs!

Cidinha disse...

Olá meu amigo. Maravilhosos versos! Tocam profundamente a alma... eu me emociono sempre. A cada dia sei virá novos e belos poemas. Bjos e bjos no seu coração! Lindo domingo e obrigada sempre.

gota de vidro disse...

Há momentos na vida em que escrevemos a ultima página de um capítulo de nossa vida...Mais ou menos doloroso, mais ou menos feliz. Depende.

No entanto a vida corre e há sempre outro capítulo , com outras páginas, com outra história.

Belo poema

Bom domingo

beijinho da gota

Severa Cabral(escritora) disse...

Belo alvorecer !
Meu Príncipe das letras!
Para o escritor ,não existe a ultima página do livro,pois quando pensamos que chegou o final,nasce tantas outras ideias que é sempre a primeira página...
bjs

Paula Barros disse...

E a vida continua, com sonhos, dores, ilusões, e poesias, e a vida vai sendo escrita e reescrita.

beijo

 
Web Analytics