quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Uma Gota de Sol e Um Raio de Chuva no Infinito Amor
Hoje eu acordei apressado, sufocado,
Não entendi as horas, porque passaram,
Rota de colisão da vida, cometas na mesma direção,
Enxuguei a ultima lágrima, no branco lençol sobre o colchão macio,
Levantei-me sem rumo, olhei o mundo da janela e estranhei,
Lá fora uma intensa chuva que molhava tudo, mas um sol disposto entre montanhas,
O mundo é complicado, eu quero seu abraço,
O amor é infinito, eu quero seu corpo aqui,
Preciso apenas de carinho, de atenção aos meus dias,
As conquistas materiais e riquezas, essas deixemos pra depois,
Fui até a porta e abri a correspondência, era a vida me pedindo paciência,
Gritei sem nada dissolver em sentimentos, falhei e não me apaziguei,
Mórbidos momentos, como eu queria poder morar no luar, no seu luar,
Mas existem conflitos entre os sentimentos, separam nossas cidades um oceano, um mar,
Peguei a caneta e um pedaço de papel, uma poesia ou canção talvez,
Mas o violão continuava mudo num canto do quarto, a espera da minha lucidez,
Eu pensava em terras distantes, onde meus pés nunca tocaram, porque saudade então?
Eu sofria ao ver vidas trocadas por diamantes, quanto vale o ser humano nessa imperfeição?
Hoje eu apenas posso dizer uma coisa, me cansei de tudo,
Parem a nave Terra que eu quero descer, quero voar entre as estrelas, sem saber por quê?
Quero ser amor como galáxia de planetas, reluzente escuro e infinito,
Quero ter amor como oceano, profundo em mistérios e dono de ilhas insensatas,
Quero chorar, quero sorrir, quero amar, quero sentir,
Quero morrer no fim da tarde, namorar a lua em madrugadas e abraçar o sol da manhã,
Quero minha musa nua bailando entre nuvens de algodão, quero um novo coração,
Quero criança, quero esperança, quero poder de novo sonhar,
Quero escrever apenas versos alegres de amor, e os outros eu deixo no tempo ficar,
Quero consumir icebergs, deslizar no arco-íris, olhar no fundo do seu olhar,
Quero tomar uma coca-cola em Marte e com você meu amor, eu quero sonhar,
Se eu me perdi foi por amor, e se eu me encontrei, foi por você existir,
Desejo de novo amar, quero num jardim ser planta de forte raiz,
Preciso alisar o seu corpo gostoso e por fim, eu quero junto de ti ser feliz,
Enquanto carros passam apressados pela cidade, eu vou devagar, divagar,
E quando o sol se despedir de mais um dia de amor, eu serei a lua que beija o mar,
O seu sonhar, o nosso cantar, o nosso verde esperança de amar,
E logo eu me deitarei tranquilo na areia do universo, ali gravarei o meu verso,
E descansarei em paz, seja nos seus braços, ou em eternidade de tudo que fiz.

Escritos desgovernados e desconexos como um cometa pronto a se chocar contra o planeta amor.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta

31 comentários:

Cristina disse...

Una coalición en el Universo... planetas, estrellas y cometas inspiró tu bella poesía!
Bellísimo, te dejo un fuerte abrazo, bonita noche.

Evanir disse...

Boa Noite Filho Querido.
Eu conhecia esse lindo texto seu nem imagina como adoro esse seu lindo poetar.
Que Deus abençoe sua noite uma quinta na paz de Jesus beijos da mãezinha,Evanir.

LUZ disse...

oi querido Everson,

Essa colisão, vai ser agradável e serena, porque vai se encontrar só com o Amor.

Beijos da Luz, com afeto.

Daniel Costa disse...

Everson

Num poema de alto gabarito, o poeta deambulou e sua alma gritou, ou sufragou máguas, que o mundo sente, que existem e precisam ser lembradas. Para medidas irem sendo tomadas, conforme, vão surgindo.
Abraços fraternos

Cidinha disse...

Bom dia meu amigo! Saudade grande! Desculpe. Estive de cama nesse fim de semana e mal postei segunda feira! Estou melhorando. Feliz por estar aqui! Que venha do céu a chuva de amor para inundar os corações trazendo a paz para todo o planeta. Adorei!! Deixo um grande beijo de bom dia.

Rô... disse...

oi meu amigo,

adorei seus escritos desgovernados,
eles são profundos e verdadeiros,
Quero chorar, quero sorrir, quero amar, quero sentir,
isso é maravilhoso...

beijinhos

Pensando com Arte disse...

Vim apenas mandar um grande beijinho e com tempo passarei cá e lerei com toda a atenção!
Beijinhos,
Pensando com Arte!

Assis Freitas disse...

escritos emblemáticos,

a
braço

oteudoceolhar disse...

Um belo poema, envolvente de palavras e sentires mil...
Não se preocupe, as palavras estão lá daquele lado e aqui também, continuaremos a seguir as mesmas.
Obrigada pela visita e palavras.
Beijo n´oteudoceolhar *

✿ chica disse...

Sol,gotas de chuva e amor...Linda combinação, linda poesia! abração,chica

© Piedade Araújo Sol disse...

colisão com o planeta amor...

que poético!

deixo meu sorriso :)

um dia feliz

obrigada!

beij

SexyButterfly disse...

Tão bom ler suas palavras poéticas de vez em quando...

beijos borboléticos!

Mar... disse...

Meu Renato Russo...esse eu já conhecia...é lindo de viver...
Como vc escreve tão bem sobre o amor...algo que é tão difícil definir...mas vc faz isso com muita maestria...

Um dia maravilhoso para ti...aqui muito sol, uma seca danada...estamos pedindo chuva...
Bjs carinhosos meu amigo tão querido...

Mariangela disse...

Que nessa colisão você encontre o seu tão sonhado amor!
Maravilhoso...
beijos e muitas flores para você também!!
Mariangela

edumanes disse...

O poeta imaginou
Um poema lindo escreveu
De manhã quando acordou
A sol do sol no seu quarto apareceu!

No papel e na caneta pegou
E pela janela do quarto viu
A luz o sol a terra iluminou
Nova imaginação lhe surgiu!

Sobre a terra iluminada escrever
A luz do sol sobre as plantas floridas
Nelas tanta beleza haver
Lindas paisagens coloridas!

Boa quinta-feira para você, meu amigo, um abraço
Eduardo.
Adorei sua Gota de Sol e Um Raio de Chuva no Infinito Amor!

Aqui em Portugal sabia bem uma gota de chucha para atenuar a calor que se faz sentir!

Vera Lúcia disse...


Olá amigo poeta,

Palavras intensas, repletas de sentimentos.
Escritos que traduzem anseios da alma.
A vida nos pede paciência porque o que é nosso chegará no tempo certo.

Excelente dia!

Beijo.

edumanes disse...

Corrijo: No meu comentário a palavra.
A luz do sol no seu quarto apareceu.

Mary disse...

Oi Everson!

maravilhoso poema!lindo.


Te deixo meu carinho.


bjos

Pedro Luis López Pérez disse...

Preciosa Poesía que deja hipnotizado el Corazón y que transmite infinitas sensaciones que al definirlas somo presos de nuestra emoción como el Titulo mismo de esta Hermosa Poesía.
Maravillosa Fragancia del Corazón en unos intensos latidos de Vida.
Una Preciosidad.
Un abrazo.

Bandys disse...

Aff POoeta, hoje veio a compulsão éee??
Maravilha .
Lembrei de Tédio:
Alô! Sabe esses dias
Em que horas dizem nada
E você nem troca o pijama
Preferia estar na cama
Um dia, a monotonia
Tomou conta de mim
É o tédio
Cortando os meus programas
Esperando o meu fim..

Mas logo ouvi o quero! quero a sorte de uma tranquilo com sabor de fruta mordida, nós na batida no embalo da rede....

Viu? Como cantora oficial, estamos indo bem.

Viver e não ter a vergonha de ser feliz...
E pra não dizer que não disse de Renato, Quero colo, vou fugir de casa.

Virou um samba, mas é com ele que vc alegra a sua vida e se inspira pra sua musa e seus leitores!

Beijos meu amigo de fé, eita até RC hoje ta na berlinda
Uma tarde de muita paz nesse ♥.
Dyllys

Anne Lieri disse...

Poeta,tua desconexão virou uma canção de amor muito linda!bjs e meu carinho,

Marcia disse...

Uma explosão de sentimentos,lindo!BEIJOS

Aleatoriamente disse...

Uma mistura linda.
Nasceu poesia preciosa.

Beijo.

MARILENE disse...

Não são desconexos, mas variados e abrangentes. Os gritos do coração voam em todas as direções. Bjs.

Carla Fernanda disse...

Uma fusão de emoção. Lindo!!

Bjos

Ailime disse...

Olá Everson,
Que poema fabuloso! A sua elevada inspiração, os sentimentos que brotam da sua alma são lindos e do tamanho do Universo!
Que Deus o abençoe.
Um beijinho.
Ailime

Enigma disse...

Acho espetacular quando trazes o teu romântismo cósmico para o livro. Um poema muito envolvente e sedutor.
Parabéns!! Kisses!!

Enigma

Rute disse...

Lindo poema. Beijos

Severa Cabral(escritora) disse...

BELO ALVORECER MEU PRÍNCIPE DAS LETRAS !!!!!!
O AMOR SEMPRE TRAZ SEU UNIVERSO PARA DENTRO DE NÓS...
BJSSSSSSSSSSSSSSSSS

Suely Rezende - Ministério HD disse...

Olá Querido amigo,

Quanto tempo!!!!

Saudades dos seus poemas de amor,

beijos
Suely

Elisa T. Campos disse...

Everson

Ainda bem que podemos querer tudo sem distinção.

Agora quero ler este lindo poema outra vez.
Bjs

 
Web Analytics