terça-feira, 25 de outubro de 2011

Poeira do Tempo
No longo caminho da vida
Entre curvas de estrada
Saudades em despedida
Mágoa na face estampada
Relíquias de sonhos
Que nunca foram reais
Nó pó que alimenta o caminho
Solidão e nada mais
Na busca interior de vida
Nos desejos do amor encontrar
Procurando um ponto de partida
Pra essa historia recomeçar
Esqueça o que foi de ontem
A data de validade venceu
Prepare o amor como um jardim
Onde moraremos você e eu
Vamos construir castelos e países
Entre olhares e sorrisos de alma
Dessa louca passagem seremos felizes
Da chuva nos protegem marquise
Enfim seremos um só
Um elo chamado família
Dos sentimentos não teremos mais dó
Pois a poeira do tempo já faz parte da mobília.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias
Adquira no email: evr.russo@uol.com.br

44 comentários:

Lu Nogfer disse...

Ha sempre um ponto de partida para cada nova historia!

É magico te ler!

Beijos com saudades,doce amigo!

Integração Histórica disse...

A poera traz consigo toda magia
Isto é o impacto de um momento que ocasiona um novo momento , uma nova era ...magistral !
A mágia da vida é assim , o olhar condiz a alma e a alma dá um novo rumo vida. Os olhos brilharão para sempre !

Boa Terça feira
Poeta Everson !!!!

Pat. disse...

Recomeçar é muito positivo...
Abraço com todo carinho.

LUZ disse...

Bom dia Everson,

Que bom! O amor fazer parte da mobília, que é nossa, que vemos todos os dias, que sentimos.
Gosto de hipérboles em poesia e na vida.
Excelente dia, visto que, em Lisboa está chovendo, agora.

Beijos de luz.

Rô... disse...

oi meu querido,

adoro quando dois,
se transformam em um só...
elo,
família,
união...
tudo fruto do amor,
amor de almas,
vida que renasce
e continua...

beijinhos

Sônia Amorim disse...

sacudir a poeira e deixar pra lá, pequenas mágoas e esquecer o que se passou, é o primeiro passo para recomeçar uma vida sem pedaços de amores partidos,amei seu lindo poema, beijos e bom dia!

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu príncipe das letras!
O tempo nos diz sempre que temos que aproveitar:
"Na busca interior de vida
Nos desejos do amor encontrar
Procurando um ponto de partida
Pra essa historia recomeçar"
Bjsssssssssssssssssssss

✿ chica disse...

E o elo família é muito lindo e forte! abraços,chica

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

Verdade!!!Um elo que só nos fortalece!!É o nosso balsamo em dias difíceis, o alento que nos mantem!
Temos que estar sempre prontos para recomeçar, a vida pede evolução constante!
Beijos pra ti!
Tudo de bom!
**Me atrasei hoje!!!

Ivana disse...

Que assim seja, meu querido amigo, um beijo no seu coração, que seu dia seja feito de paz e amor.

Assis Freitas disse...

pó, poeira, saudades


abraço

Evanir disse...

Bom Dia meu filho querido.
Creio que existe poeiras de amor e saudades também .
Um lindo poema gostei muito sinceramente.
Estou com muitas saudades de você meu amado ontem nem pude fazer visitas tinha muito serviço em casa.
E muito desanimo anda se apoderando de mim ultimamente.
Um dia lindo meu filho amado.
Bjs da mãezinha.
Evanir.

Me conta como esta as coisas ai com as chuvas e desabamentos.

Vinicius. C disse...

Bom dia Poeta!!

Passando para desejar a você um dia abençoado!

Te espero no Alma- abraços!

Pluma Roja disse...

Hola poeta, después de una fugaz ausencia, paso a saludarte y desearte feliz día.

Hasta pronto.

Bandys disse...

Preparar o amor como um jardim acredito que é o segredo.
Plantar flores, sentir o perfume, ver as largatas se transformarem em borboletas...sentir o sol, a chuva.
E viver felizes pra sempre.
Nossa, um verdadeiro conto de fadas.

Um beijo procê Everton, hihihi

Pelos caminhos da vida. disse...

Sacudimos a poeira e seguimos em frente.

Bom dia poeta!

beijooo.

Bandys disse...

Elaine? hahahahahaaha
Mas que sem graça você Everton!!!!

Você pode implicar quanto quiser que nem ligo.
huahuahuahua

E depois se eu ser muita corda, voce ainda pode se apaixonar por mim, hehehehehee

Nussaaaaaaaaaaaaaaaaa, ja pensou???

Mais um beijinho proce.

。♥ Smareis ♥。 disse...

Essa poeira do tempo anda sempre com a gente, com certeza ela faz parte da nossa mobília.Beijos grande amigo poeta. Ótima tarde!

Vanuza Pantaleão disse...

Querido amigo,
O amor é toda a mobília e a poeira transforma-se em brilho quando do amor se aproxima.
Nossa, teus Poemas expandem a nossa alma, Everson!
Parabéns e um beijo dessa tua amiga!!!

Amapola disse...

Boa tarde, querido amigo Poeta.

Que maravilha!!
Parabéns...

Ah... poeira!!

Que seu dia seja tão lindo quanto o seu poema.

Beijos.

Simone butterfly disse...

Desejo que seus dias sejam:
Gostoso como chocolate,
() ()
( ‘.’ )
(“)_(“)
Doce como algodão-doce,
Luminoso como a luz do sol,
() ()
( ‘.’ )
(“)_(“)
Colorido como o arco-íris,
Alegre como as flores.
() ()
( ‘.’ )
(“)_(“)”
E Cheio De amor e vida.

Graça Pereira disse...

Poeira do tempo é para sacudir e...seguir em frente!!
Beijos e uma boa semana.
Graça

Zil disse...

A alma é sábia: enquanto achamos que só existe dor, ela trabalha, em silêncio, para tecer o momento novo. E ele chega.(Ana Jácomo)

lindo demais seu poema!!!!!


deixo meu carinho...sempre...


Zil

Lilá(s) disse...

Temos que estar sempre preparados para levantar cabeça e seguir em frente...és especial e um verdadeiro poeta!
Bjs

Dri Andrade disse...

levantar, sacudir a poeira e proseguir.
Adoro tudo que vc escreve,

beijos de boa semana amigo, tava querendo vir aqui antes mas acho que por bug do blogger eu não estava conseguindo postar

bjks

Ana Casada disse...

oi querido..passando pra deixar uma beijoca..

ana

Verinha disse...

É incrível o poder que possui em nos encantar sempre e sempre com suas poesias Everson!

Beijão grande em seu coração..
Verinha

Jooi disse...

Da poeira do passado, fica somente o aprendizado. Nada que não possa ser limpo. Sacudido. Pq a vida continua pra nós, mesmo que as vezes a gente insista em ficar parado no tempo.
Uma ótima terça pra ti Everson. Bjs da jooi.

Eneida Freire disse...

Vivo assim.
Em constante 'busca interior de vida'!
Beijo!

MARILENE disse...

Essa poeira, mesmo que já faça parte do cenário, poderá sempre ser eliminada, para que o brilho retorne a cada peça, ao sentimento que une corpos e almas.
Bjs.

Daniel Costa disse...

Everson
Depois de deixar assentar a poeira, nada como o elo aque se dá o nome de familia. Batotas, apenas as da poesia, onde se pode pôr a nú, o mais agradável.
Abraços fraternos

Vera Lúcia disse...

Olá Everson,
...preparar o amor como um jardim...(lindo e terno).
Esquecer o que já foi, recomeçar e construir uma nova história com amor.
Perfeito!
Bjs.

Flor de Jasmim disse...

Everson meu amigo
O elo de família ai como eu dou valor ao fruto do amor, por isso eu tenho sofrido tanto meu amigo.
Mas temos que ter força levantar o rosto e seguir nossa caminhada e é a ler teus poemas que por vezes sinto mais otimismo.
Beijo e uma flor

Anônimo disse...

Estimado Poeta:
Eu deixei aqui um comentário ao seu gigantesco talento e gratidão pela sua simpatia no meu blogue e pelos geniais versos sempre dedicados ao seu sentimento precioso de amor às suas musas de sonho com dedicação e ternura.
É admirável, como poeta e como pessoa.
Bem-Haja, pela magia poética.
Adorei o seu comentário simpático no meu blogue.
Abraço de respeito, estima e consideração. CONSTANTES!
Sempre a considerá-lo

pena

Vamos ver se este comentário "entra."
É um poeta notável, sabia?

Anne Lieri disse...

Everson,mais um poema em forma de cançao!Vou cantando aqui....rss...inventando uma musica de tao sonoro que são seus poemas!Adorei!Bjs,

Harlequin disse...

Nádherné, fantastické! mějte hezký den!

Machado de Carlos disse...

Seguimos o caminho e, somos movidos pelas nuances da vida. Vencemos algumas curvas, como se fossem curvas de um rio turvo. O destino nos encaixou e, vivemos nesta poeira que o tempo marca. É a vivência da alma que procura o bem da outra alma.

Grande Abraço, Amigo!

Tudo de bom para você!

ONG ALERTA disse...

Seráo um só para formar o amor, beijo Lisette.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Esqueça o que foi de ontem
A data de validade venceu
Prepare o amor como um jardim
Onde moraremos você e eu

Muito bom amigo, adorei.

Abraços,

Furtado.

Aleatoriamente disse...

Everson.
Você é maravilhoso com as palavras.
Amei teu poema, e eu me sinto tão feliz de poder chegar aqui ete ler.

Beijinho querido

Rute disse...

As vezes a sacudida da poeira resolve o caso!!
Beijos

Desnuda disse...

Querido Poeta,

Hôooo ando no mundo da lua sabia? Deixei passar esta bela poesia!? Hoje então a felicidade é dupla ao ler duas belas poesias do amigo Everson.


Beijos com carinho

Lau Milesi disse...

Poeta amigo, lembrei de Clarice, a Lispector:
"Todos os dias, quando acordo, vou correndo tirar a poeira da palavra amor..."'
Belíssimo, seu poema.

Um beijo, amigo querido.

Paula Barros disse...

Busca de um novo tempo, de um novo amor, amor para construir relações sólidas - família.

abraço com carinho.

 
Web Analytics