sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Quando Caiu a Cortina
Quando caiu a cortina
Da vida eu vi o amor
Fonte de água cristalina
Prazer que dissolve a dor
Eu vi paisagens do universo
Contidas em uma canção
Eu vi o poder de um verso
Tocar fundo no seu coração
Quando caiu o lençol
De seda que cobria seu corpo
Eu vi a nudez mais perfeita
Curvas de bela geografia
Pura sedução e magia
Uma pele perfeita pedindo um toque
De amor e paz
De um eterno esperar
Pela hora certa de se entregar
Pra sempre ser feliz e sonhar
Quando caiu a cortina
Das nuvens bailarinas do céu
Eu vi a chuva caindo
Num poema de lágrimas em véu
Véu que cobriu minha alma
E molhou todo o meu ser
Eu fiquei apreciando a calma
Da sensação boa de viver com você
Quando caiu a cortina
Do amor me entreguei a você
Você se entregou a mim
E hoje vivemos esse espetáculo de paz
Que jamais encontrará um fim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

40 comentários:

ADiniz disse...

Esta sensação boa de viver com outra pessoa e sentir a Paz e dias passarem a serem meses e anos me fizeram acreditar que o fim não existiria e de fato não existiu, só se transformou em algo mais pleno, fazendo de meu amor eterno.

Bjinhos

Marilu disse...

Querido amigo, poema em forma de canção. Lindo. Beijocas

Guará Matos disse...

OI! O JORNAL AFOGANDO O GANSO/ http://afogandooganso.blogspot.com com intuito de se expandir se torna a partir de hoje um veículo multimídia e conta com você e seus amigo para que o crescimento seja verdadeiro.

Conheça as mudanças na página principal, onde apresento um “tutorial” com as novas opções e conheça o “Menu Suspenso” com os novos caminhos.

Aguardo-lhe,
Abraços.

gabyshiffer disse...

Seus versos inspirados enfeitam a minha noite...
:)
Vim lhe desejar boa noite meu amigo
Beijos imensos e abraços carinhosos
:D
\o/
Boa Sexta pra vc
Que seja iluminada e feliz
:*

Nanda Assis disse...

aii q lindo vc sempre tão romanticoo.

bjosss...

Luís Coelho disse...

Olá...
Dá vontade de que essa cortina caia todos os dias e muitas vezes.......

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo poema, querido! Beijos e um Lindo Dia*

"Dia após dia, ó senhor da minha vida,
estarei diante de ti face a face?
De mãos postas, ó senhor de todos os mundos,
estarei diante de ti face a face?

Sob o teu grande firmamento,
em solidão e silêncio, humilde de coração,
estarei diante de ti face a face?

Neste teu mundo laborioso,
tumultuado por lutas e lidas,
entre multidões que se atropelam,
estarei diante de ti face a face?

E quando a minha missão terminar
neste mundo, ó Rei dos reis,
mudo e solitário,
estarei diante de ti face a face?"

- Rabindranath Tagore* -

+ beijos

OutrosEncantos disse...

você não sabe quanto bem faz logo pela manhãzinha tomar um café de ternura...
bom dia Everson, te deixo meu beijo.

Márcia Laja - São Paulo disse...

Meu Anjo, passeando por aki e aproveitando para desejar à vc um ótimo fim de semana, tudo de lindo ....abraceijos

Rosane Marega disse...

Bom dia menino lindo!
Um super final de semana para ti.
Beijosssssssss

MEUS PENSAMENTOS disse...

bom dia pra vc poeta fim de semana feliz um bjo!!!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
É muito bom se entregar completamente ao amor.
Domingo o bicho vai pegar rsrsrs
Abração

Assis Freitas disse...

todo o horizonte se descortinou,


abraço

Malu disse...

Poeta , amigo querido


BjO Imenso e um Dia cheio de
Amor ...

Ju Fuzetto disse...

Bom final de semana querido!!
beijocas

C@urosa disse...

Olá amigo poeta Everson Russo, e a cortina cai,para que possamos fica admirado pela fantástica visão do belo corpo... muito bom, belo e sensual como sempre. Paz e harmonia e um belo final de semana.

forte abraço

C@urosa

Pena disse...

Fabuloso Poeta Amigo:
Notável este quando caiu o pano.
Feito com amor poético sublime e perfeito.
Abraço amigo.
Com respeito e admiração.

pena

Excelente.
Bem-Haja, poeta consagrado.
É Fantástico.

Priscilla Marfori... disse...

Há um mar de romance por aqui...
Adoro!

Bandys disse...

Uau, Uau.
Do amor me entreguei a você
Você se entregou a mim.

Quer mais o que? A entrega simplesmente é o melhor do amor.

Querido amigo,
Desejo que seu final de semana seja cheio de entregas, amor e logico ne?
Não vou falar porque não precisa e não quero ser chatinha, rss.

Beijos e se precisar de um cd do The best, passa la no esconderijo, kkkkk

Bandys disse...

Copiar não vale!!!! Ainda mais um poeta como você que é cheio de idéias e inspirações.
2X0 pra mim, hehehehehe.

ò tem futebol tambem pro final de semana. E claro a maior torcida do mundo estará lá.

Beijos moço, pode vir com tréplica, kkkkk

Secreta disse...

Paz sem fim, paz de amor.

Daniel Costa disse...

Everson

Finalmente o amor chegou. nada como o amo, a tranquilidade e a paz. De qulque modo, que haja sempre poesia a acentuar.
Abraços fraternos

Socorro Melo disse...

Lindo poema! Amar, viver, é tudo de bom.


Gd abraço
Socorro Melo

Machado de Carlos disse...

Olá Amigo!

Feliz Final de Semana para você também e com belíssimos versos!

Um Grande Abraço!

Os Segredos de Manuela disse...

Olá Amigo Everson ! Boa noite , ontem eu não conseguir comentar , mas agora vai rs...Very Very lindo seu poema , me apaixonei por esses dois trechos :

" Quando caiu a cortina
Da vida eu vi o amor
Fonte de água cristalina
Prazer que dissolve a dor
Eu vi paisagens do universo
Contidas em uma canção
Eu vi o poder de um verso
Tocar fundo no seu coração"

E esse que é esplêndido

"Eu vi a chuva caindo
Num poema de lágrimas em véu
Véu que cobriu minha alma
E molhou todo o meu ser
Eu fiquei apreciando a calma
Da sensação boa de viver com você"

Fique na Paz de Deus que se manifesta por toda natureza . Besitos !

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Everson...

É sempre uma alegria imensa ler os seus versos... (Ainda mais ao som do meu querido Renato Russo... ai ai... adorooooooooo!) rs

Lindo poema, querido.
Parabéns!

Beijos

Confissões de uma borboleta disse...

Oi Everton...
Quando cai a cortina acaba o espetaculo, é a vida real, ao vivo e são permitidos os improvisos.
Beijos

Flor de Lótus disse...

Quando a cortina cai o espetáculo verdadeiramente começa e as coisas acontecem.
Um ótimo fim de semana!
Beijos

ღPat.ღ disse...

Meu amigo.... Estou passando como furacão pelos blogs só para deixar beijos.. pq está muito corrido mesmo para mim...
Um fim de semana lindooooooo.

Obrigada pelo carinho deixado em meu blog.

pat.

Rute disse...

Que lindo meu amigo. Desejo a vc, um ótimo final de semana
Beijos

ONG ALERTA disse...

que o fim não chegue nunca, beijo Lisette.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Everson! Adorei quando caiu a cortina, pois inspirou o poeta na criação desse belo poema, principalmente o trecho abaixo:

Eu vi paisagens do universo
Contidas em uma canção
Eu vi o poder de um verso
Tocar fundo no seu coração

Abraços e boa noite pra ti.

Furtado.

Lívia Azzi disse...

Belíssimos versos:

"Quando caiu a cortina
Das nuvens bailarinas do céu
Eu vi a chuva caindo
Num poema de lágrimas em véu"

E que caiam as cortinas do amor...

Um beijo e um excelente final de semana!!

*Mi§§ §impatia* disse...

E que esse amor seja sem fim...... lindo fim de semana pra ti querido amigo, beijos.

carol sakurá disse...

Aqui as cortinas nunca se fecham,o espetáculo é contínuo.

Abraços,Poeta!

IT disse...

Desejo ao poeta um excelente final de semana!

Que as cortinas de nossa vida a cada amanhecer se abra convidando -nos á viver!

Beijos!

Lau Milesi disse...

Nossa, poeta amigo, brihante seu poema. Que lirismo nesses versoa abaixo, Vocé é d+! ...( Quando caiu a cortina
Das nuvens bailarinas do céu
Eu vi a chuva caindo
Num poema de lágrimas em véu
Véu que cobriu minha alma
E molhou todo o meu ser...)

Lindos, poeta. Muito lindos. Um beijo e bom fim de semana pra você. Estou com insônia , poeta. Snif...

Sandra Botelho disse...

Lindo por demais...Quando a cortina cai a visão do amor é bela!
Essa cortina de reservas de medos,que nos cerceia de viver com plenitude nosso amor. Quando ela cai de nós e nos entregamos , vivemos plenamente o que sentimos e isso nos faz felizes...é bom por demais.
Que o amor seja eterno em teu coração.
bjos achocolatados

Desnuda disse...

Everson,

que lindo poema!

"Quando caiu a cortina
Das nuvens bailarinas do céu
Eu vi a chuva caindo.."

Lindos versos, poeta.


Beijos com carinho.

Pérola disse...

Isso é bem cientifico,quando a cortina cai por detrás de um corpo nu,nem precisamos advinhar o resto rs.
Beijos poeta.
Se quizer me contar sou toda ouvidos rs.

 
Web Analytics